Folha Vitória Chileno e venezuelano são detidos suspeitos de furtar celular de adolescente em ônibus

Chileno e venezuelano são detidos suspeitos de furtar celular de adolescente em ônibus

Segundo a ´Polícia Militar, o chileno e o venezuelano retiraram o celular de dentro do bolso da adolescente, sem ela perceber

Folha Vitória
Foto: Reprodução

Um chileno e um venezuelano foram detidos suspeitos de furtar o celular de uma adolescente de 14 anos, na noite de segunda-feira (12), em um ônibus do Transcol, em Cariacica. O que eles não sabiam, no entanto, é que o aparelho tinha rastreador.

Segundo a ´Polícia Militar, o chileno Sebastian Bobadilla Lucero, de 25 anos, e venezuelano, Reneato Soto Sosa, de 29, retiraram o celular de dentro do bolso da vítima, sem ela perceber. 

A menina desembarcou no bairro Itacibá, e quando deu falta do aparelho, informou aos familiares. Diante disso, o irmão dela parou uma viatura da Polícia Militar e informou que era possível saber a localização do celular por meio do aplicativo de rastreamento. 

O rapaz seguiu na viatura junto com os policiais até o bairro Alto Lage, onde era indicado pelo aplicativo. De acordo com a Polícia Militar, era Renato quem estava carregando o aparelho. 

Leia também: Homem é assassinado com vários tiros após sair de futebol na Serra

Ele arremessou o celular para longe, como se quisesse se livrar da prova do crime, e acabou danificando o aparelho, que custa em média R$ 2 mil. O celular foi recolhido e os militares verificaram que ele estava sem o chip.

Segundo a polícia, o venezuelano admitiu que foi ele quem pegou o celular. Com ele, foram encontrados ainda quatro cartões de passagem do sistema GVBus. Com o chileno, havia mais dois.

Os cartões foram apreendidos e os estrangeiros foram conduzidos para a delegacia. Eles foram autuados em flagrante por furto e depois encaminhados ao presídio. O celular danificado foi devolvido à adolescente.

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Fernanda Batista. 

Últimas