Folha Vitória Chuva de meteoros considerada 'gigante' poderá ser vista no ES nesta madrugada

Chuva de meteoros considerada 'gigante' poderá ser vista no ES nesta madrugada

O melhor ambiente para observação do fenômeno são as regiões escuras

Folha Vitória
Foto: OpenClipart-Vectors | Pixabay
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os amantes da astronomia terão uma surpresa na madrugada desta quinta-feira (12): uma chuva de meteoros, considerada gigante. A boa notícia é que o fenômeno poderá ser visto do Espírito Santo

Para os moradores da Grande Vitória ou de centros com muita iluminação, no entanto, a observação pode ficar prejudicada.

O coordenador do Gaturamo Observatório Astronômico, Márcio Malacarne, explica que o melhor ambiente para observação são as regiões escuras. 

"É uma chuva de meteoros, e será possível ver milhões de riscos luminosos, que popularmente são conhecidos como estrelas cadentes. E podem ser vistos a olho nu, mas quanto mais escuro estiver a região, melhor será a observação", ressaltou Malacarne.

Caso os moradores da Grande Vitória queiram ver, o coordenador recomendou o Parque da Fonte Grande, no Centro da Capital.

"O maior fenômeno, o Perseidas, é uma chuva de meteoros, vindos em uma mesma direção. O ano todo temos chuvas de meteoros, mas esse promete ser gigante", concluiu Malacarne.

Confira o calendário com os principais fenômenos:

- Conjunção Lua na direção de Vênus: dia 11, após o pôr-do-sol; O GOA fará uma transmissão ao vivo com convidado da área;

- Chuva de meteoros Perseidas: 11 e 12 de agosto. De acordo com o Observatório será a melhor chuva do ano devido a fase da Lua Nova. Serão dezenas de meteoros por hora. Porém, tem que estar longe da iluminação das cidades. O melhor horário é na madrugada do dia 12.

- Júpiter em oposição, ou seja mais fácil para observar: 19 de agosto. Melhor noite de observação. Visível a noite toda. Este é o melhor mês para observar o planeta gigante.

- Conjunção dos planetas Mercúrio e Marte: dia 18, após o entardecer, ambos estarão mergulhados na luz crepuscular. Para observar é necessário ter um horizonte Oeste bem visível.

- Saturno e Júpiter em conjunção com a Lua quase Cheia: dias 20 e 21 de agosto (um dia antes da Lua Cheia (22/08), respectivamente. Ambos são os astros mais visíveis no horizonte Leste, após anoitecer.

Últimas