Folha Vitória Circuito Brasileiro de Bodyboarding no ES esgota vagas e terá presença de campeões mundiais

Circuito Brasileiro de Bodyboarding no ES esgota vagas e terá presença de campeões mundiais

Com 150 competidores inscritos, o torneio esgotou todas as vagas nas categorias Profissional, Master e Open, Masculino e Feminino, e Sub-16 Masculino

Folha Vitória
Foto: Roberto Capoccitti/Sintra Pro
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A partir desta quinta-feira, 23 de setembro, a Praia da Barra do Jucu, em Vila Velha, no Espírito Santo, será palco para os melhores atletas de bodyboarding do Brasil voltarem a competir pelo sonhado título nacional. Com 150 competidores inscritos, o Wahine Bodyboarding Pro esgotou todas as vagas nas categorias Profissional, Master e Open, Masculino e Feminino, e Sub-16 Masculino, provando que as disputas serão muito emocionantes até o próximo domingo (26), quando serão conhecidos os campeões.

A Confederação Brasileira de Bodyboarding anunciou neste final de semana a lista com todos os atletas inscritos e o nível técnico será altíssimo. Com presença de campeões mundiais, o Wahine Bodyboarding Pro reunirá os ídolos do esporte e a nova geração de competidores, que promete elevar ainda mais a competitividade da etapa.

Campeão mundial em 2008, o baiano Uri Valadão chega ao Espírito Santo como um dos destaques. Atual campeão nacional, o baiano voador conquistou seu quinto título brasileiro em 2019 e agora retorna aos eventos em busca do hexacampeonato. De quebra, o atleta vem de uma recente conquista na etapa especial promovida pela IBC World Tour, entidade que rege o esporte à nivel mundial, com vitória no Sintra Pro, em Portugal, sobre o francês Pierre Louis Costes na decisão.

“Essa vitória me deu muita confiança. Os melhores atletas do mundo estavam por lá e foi muito bom vencer em Portugal. Estava com saudades de competir em alto nível e agora estou mais animado ainda para disputar o Brasileiro no Espírito Santo. Venho de um ritmo bom e espero me dar bem na Barra do Jucu”, disse Uri.

Além de Uri Valadão, a etapa capixaba tem confirmado o tricampeão mundial do ISA Games, Eder Luciano (ES), o bicampeão mundial Pro Junior, Sócrates Santana (RJ), e a pentacampeã mundial Neymara Carvalho (ES). Além disso, são vários campeões brasileiros na disputa, entre eles os capixabas Lucas Rodrigues, Maira Viana e Maylla Venturin, a gaúcha Joselani Amorim e o carioca Jeff Urdan.

Cronograma de competições

O Wahine Bodyboarding Pro terá início na quinta-feira, com primeira chamada às XX para todas as categorias. O evento seguirá até o domingo e o cronograma será disponibilizado pela organização sempre ao final do dia anterior. As finais estão programadas para o domingo, mas podem sofrer alteração de acordo com as condições do mar.

Protocolos

Para a segurança dos mais de 150 atletas esperados, equipe de apoio e demais envolvidos com o Wahine Bodyboarding Pro, serão realizados testes de Covid-19 durante o credenciamento dos atletas. A medida faz parte do protocolo para evitar o contágio e será oferecida de forma gratuita aos atletas pela organização do evento.

Sobre o Wahine Bodyboarding Pro

A etapa de abertura do Circuito Brasileito de Bodyboarding 2021 recebe o nome de “Wahine”, que significa “mulher” na língua havaiana. O resgate da conexão com os povos indígenas das ilhas do Havaí inspira o evento esportivo marcado para a segunda quinzena de setembro em Vila Velha.

Além disso, foi em águas havaianas um dos pódios mais emblemáticos de Neymara Carvalho. Ao sair da Barra do Jucu, ela consagrou seu nome no cenário do bodyboarding internacional, sendo a campeã de uma das mais acirradas disputas do Mundial, na Praia de Pipeline, em 2006 e 2011.

O evento oferece R$21.600,00 em dinheiro para as categorias Profissionais, além de pranchas, nadadeiras, troféus e kits para todos os finalistas das categorias amadoras.

Últimas