Folha Vitória Cocaína avaliada em R$ 1,8 milhão é apreendida em Cariacica

Cocaína avaliada em R$ 1,8 milhão é apreendida em Cariacica

Os 15 quilos de pasta base, segundo a polícia, estavam escondidos em um compartimento estratégico debaixo do banco do carona do carro com placas de São Paulo

Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal apreendeu, na tarde desta quinta-feira (25), aproximadamente 15 quilos de pasta base de cocaína em um carro que passava pela Rodovia do Contorno, na altura do bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica. A droga, segundo a polícia, é avaliada em R$ 1,8 milhões. 

> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas no celular? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias!

A pasta base estava escondida em um compartimento estratégico debaixo do banco do carona do carro, com placas de São Paulo. Os agentes encontram a droga com a ajuda do cão farejador urbano.

O agente Galvêas explicou que a equipe fazia um patrulhamento de rotina quando viu o carro com placa de outro Estado saindo de uma rodovia estadual. Isso chamou a atenção dos policiais, já que a rota comum seria a rodovia federal. 

"O grupo de operações especiais da PRF estava no combate à criminalidade em Nova Rosa da Penha. Na altura do KM 283, visualizamos um veículo descendo de Cariacica-Sede, com placa de São Paulo. Normalmente, esse tipo de veículo passa pela BR-262", disse.

LEIA TAMBÉM: Suspeitos de matarem agiota com quase 30 tiros na Serra são presos

O motorista do carro, que é do Maranhão, foi abordado. O homem de 35 anos tentou se esquivar das perguntas, mas acabou chamando mais atenção. Após a droga ser encontrada, ele contou que trazia a cocaína de Governador Valadares, em Minas Gerais, para Vila Velha.

"O condutor se mostrou nervoso. Não sabia dizer de onde estava vindo e nem para onde iria. Se contradisse várias vezes e isso levantou suspeitas sobre a conduta dele. O grupo de operações com cães foi chamado e ele indicou a droga", explicou o agente.

LEIA TAMBÉM: Grande Vitória tem aumento no número de crimes contra dignidade sexual

A Polícia Civil informou que a ocorrência ainda está em andamento na Delegacia Regional de Cariacica e que somente após a finalização das oitivas terá informações sobre a autuação do suspeito. 

Em relação aos entorpecentes, a polícia informou que eles serão encaminhados para o Laboratório de Química Legal para serem analisados e, posteriormente, incinerados.      

*Com informações da repórter Gabriela Valdetaro, da TV Vitória/Record TV.

Últimas