Folha Vitória Com filho de 3 meses no colo, mulher é agredida por companheiro em Cariacica

Com filho de 3 meses no colo, mulher é agredida por companheiro em Cariacica

As agressões começaram quando o companheiro chegou em casa alterado e não gostou de ser questionado pela mulher sobre a demora

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma mulher de 25 anos foi agredida pelo companheiro enquanto estava com o filho de três meses no colo, em Cariacica. 

De acordo com a Polícia Militar, as agressões aconteceram porque o suspeito não gostou de ser questionado pela demora para chegar em casa.

Segundo a polícia, quando a viatura chegou no local, por volta das 13h, o casal estava discutindo no meio da rua. O companheiro tem 27 anos.

A vítima contou aos policiais que o marido foi até a residência da mãe dele buscar açúcar, mas demorou para voltar. Mais tarde, por volta de 12h, a mulher soube por outras pessoas que o marido estava bebendo na casa de um primo.

As agressões começaram quando o companheiro chegou em casa alterado e não gostou de ser questionado pela mulher sobre a demora. 

Leia também: Mulher é assassinada a facadas na Serra; principal suspeito é o namorado

No relato da vítima, ela contou que o homem a empurrou contra a parede e deu socos. O suspeito chegou a pegar uma faca, ameaçando matar a mulher caso ela chamasse a polícia. 

Quando a PM chegou ao local e viu o casal brigando, constatou que o homem estava alterado. Imediatamente, foi dada voz de prisão, mas ele não obedeceu e começou a enfrentar os militares.

O suspeito e os militares entraram em luta corporal e uma outra equipe foi acionada para dar apoio. Mesmo com a chegada de outros policiais, foi necessário usar a força para conter e conseguir colocar o homem na viatura.

A equipe de reportagem da TV Vitória esteve na rua onde a confusão aconteceu para saber mais detalhes do caso, mas ninguém quis gravar entrevista. 

A PM informou que a vítima e o suspeito foram encaminhados ao Plantão Especializado da Mulher (PEM), em Vitória. 

*Com informações da repórter Polyana Martinelli, da TV Vitória / Record TV.

Últimas