Folha Vitória Comerciante reage e persegue suspeitos após tentativa de assalto

Comerciante reage e persegue suspeitos após tentativa de assalto

Assim que os suspeitos fugiram do local, o comerciante e a esposa perseguiram os assaltantes e entraram em contato com a polícia

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Na manhã desta segunda-feira (1) dois suspeitos foram detidos acusados de tentativa de assalto no bairro Santa Bárbara, em Cariacica. A vítima foi o comerciante Yuri Bergamo da Silva que após a tentativa, perseguiu os criminosos até que fossem detidos pela polícia.

Tudo aconteceu por volta das 11h quando Yuri estava saindo da loja e indo em direção ao carro que estava estacionado. No momento em que ele entrou no veículo, foi abordado por dois suspeitos que estavam em uma moto.

"Na hora que eu abri a porta do carro eles me abordaram por trás e tentaram me conter e aí eu virei já batendo e não tive outra reação. Gritei para o pessoal que estava dentro da loja pedindo para pegar a minha arma e quando eles ouviram isso, eles correram rua a baixo no sentido do Terminal de Campo Grande", contou o comerciante.

Assim que os suspeitos fugiram, a vítima entrou no carro e deu início a uma perseguição. Ele conta que depois que saiu com o veículo a esposa ligou para o Ciodes e passou as características dos suspeitos que tentaram assaltar o comerciante. Com as informações repassadas, o Ciodes colocou o casal em contato com uma viatura da área que conseguiu deter os suspeitos.

A perseguição terminou apenas poucos metro depois da loja, em frente ao Terminal de Campo Grande. Os suspeitos foram detidos, mas mesmo com o atendimento rápido da polícia, a prisão dos suspeitos não traz tranquilidade para Yuri.

"Por não portarem arma, não provocarem violência, dentro de 30 e 40 dias no máximo eles estão na rua e a polícia novamente vai ser acionada porque eles novamente cometeram delito", disse.

Ainda de acordo com o comerciante os assaltos na região são constantes, acontecem em qualquer hora do dia e com qualquer pessoa e até mesmo mulheres com crianças. No atual estabelecimento esta foi a primeira tentativa de assalto, mas quando ele teve outro ponto comercial na mesma rua, já contabilizou quatro assaltos.

* Com informações da repórter Bianca Vailant, da TV Vitória/Record TV.

Últimas