Folha Vitória Como apostar na tecnologia para agilizar produtividade nas obras

Como apostar na tecnologia para agilizar produtividade nas obras

Visando reduzir tempo de obra e custos, a construtora de Pelotas - RS decidiu investir em tecnologia para gestão do canteiro

Folha Vitória
Foto: Divulgação/DINO
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Para otimizar sua qualidade e velocidade na construção, mantendo um preço justo, a Porto5 Empreendimentos Imobiliários decidiu investir em tecnologia para gerenciamento do canteiro de obras. Assim conseguiu obter maior controle das inspeções e economizar tempo de mão de obra e materiais.

A solução escolhida para auxiliar nos processos foi o software de gestão de obras Mobuss Construção. Segundo Rafael Azevedo, Diretor de Qualidade da Porto5, o custo do investimento é quase irrelevante, “dependendo da dimensão da obra não é nem de 0,5%”.

Rafael ainda afirma que, com ajuda do sistema para canteiro de obras, o controle do número de inspeções de obra aumentou em 30%. “Ganhou-se produtividade na parte das vistorias dos serviços, geração de relatórios e acompanhamento das não conformidades”, completa Rafael.

Organização e relatórios

Anteriormente a construtora fazia o controle de inspeções no papel. Processo que tende a ser mais demorado, além de correr riscos de perda de documentos. Quando o controle é feito no papel, também fica mais difícil visualizar e entender o que precisa ser melhorado nos processos da construtora. 

Já no sistema, tudo fica padronizado e organizado num lugar só. “Com a tecnologia, temos maior controle da execução do serviço e armazenamento dos dados da obra, material que no futuro auxiliará na tomada de decisões”, afirma Rafael.

Segundo Sílvio Etges, Gerente de Produtos da Teclógica, empresa desenvolvedora do Mobuss Construção, torna-se fácil mensurar a efetividade, pois o software coleta os dados da obra automaticamente e gera relatórios com mais facilidade. “Os dados são fundamentais para controlar os processos e evitar gargalos”, conclui.

Controle evidenciado

Outro benefício da utilização de tecnologia é a possibilidade de incluir evidências visuais nas inspeções, como fotografias e vídeos. Isso facilita consultas posteriores caso haja rotatividade de funcionários. Dessa forma, todos ficam alinhados e as informações são mais claras.

O melhor é que isso pode ser feito em tempo real durante a inspeção. Com a utilização de um smartphone ou tablet, o funcionário pode subir fotos ou vídeos em lote no sistema, mesmo se estiver em um local sem internet. Assim que o dispositivo conectado encontra sinal, as informações são atualizadas no sistema automaticamente.

Sílvio afirma que isso traz uma grande liberdade para as construtoras, que não precisam ficar reféns da internet e também terão uma base sólida de informações caso precisem consultar no futuro. 

“As informações ficam muito mais consistentes e padronizadas. Quando o controle é feito no papel, cada funcionário pode preencher de forma diferente tornando difícil de compreender por outra pessoa que não está habituada aquele formato. O resultado de qualquer análise está diretamente ligado à essa qualidade dos dados coletados, trazendo maior assertividade nas decisões” completa Sílvio.

Últimas