Folha Vitória Conheça os protocolos para a rede municipal de Vitória; aulas voltam no dia 22 deste mês

Conheça os protocolos para a rede municipal de Vitória; aulas voltam no dia 22 deste mês

Os protocolos de biossegurança vão ser direcionados para todos: alunos, professores, pedagogos e demais profissionais que atuam nas escolas

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Faltando poucos dias para o retorno das aulas na rede municipal de ensino de Vitória, muitos pais se perguntam sobre como será o protocolo de saúde adotado pelo município. Segundo o cronograma da PMV,  todos os alunos retornam aos estudos de forma remota no dia 22 deste mês. A partir de 1º de março, começa o retorno presencial para os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Os protocolos de biossegurança vão ser direcionados para todos: alunos, professores, pedagogos e demais profissionais que atuam nas escolas.

Para receber os estudantes, a Secretaria de Educação está fazendo vistorias nas escolas, adequando os espaços, adquirindo e distribuindo equipamentos de proteção individual (EPI´s), além de oferecer formação aos profissionais que atuam na rede.

"O nosso objetivo é assegurar que os protocolos necessários ao funcionamento das atividades presenciais de forma segura nas unidades de ensino sejam cumpridos para evitar o contágio pela Covid-19. Estamos inspirando os nossos profissionais para que sejam adotadas as medidas relativas aos protocolos de biossegurança, com diretrizes e orientações de distanciamento social, proteção individual e higiene", destacou a secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner. Conheça os protocolos:

Proteção individual

• Uso obrigatório e correto de máscara de proteção, cobrindo a boca e o nariz, sendo proibidos na escola a entrada, a permanência ou o trânsito de quem não estiver utilizando ou se recusar a usar a máscara.

• Manter a distância mínima de 1,5 metro entre pessoas. Cada espaço da escola deve estar identificado com a quantidade máxima de pessoas que podem permanecer naquele ambiente. Por exemplo: banheiros, salas de professores, secretaria e cozinha.

• Higienizar diversas vezes as mãos com álcool em gel 70% e/ou lavar com água e sabão, mantendo dispensers e pias em lugares estratégicos do prédio escolar.

• Evitar tocar o rosto, os olhos, a boca e o nariz.

• Evitar o consumo de água diretamente na torneira do bebedouro, preferindo copos ou garrafinhas individuais.

• Evitar aglomerações nas idas ao banheiro e manter um agente permanente para realizar a higienização/desinfecção necessária, diminuindo a possibilidade de contágio entre os estudantes.

• Qualquer compartilhamento de alimentos e objetos entre os estudantes (lanches, material escolar ou artigos pessoais, como garrafinhas, copos e talheres) é desaconselhado e deve ser evitado.

Salas de aula

• Orientar os estudantes a entrar separadamente, durante o processo de chegada à sala de aula, mantendo pelo menos 1,5 metro de distanciamento em relação aos demais.

• Elaborar o mapa de sala seguindo a distância mínima e recomendada de 1,5 metro de distância entre os estudantes, distribuindo-os alternadamente dentro das salas de aula, não devendo os alunos trocar os lugares marcados.

• Evitar a organização de eventos e trabalhos em grupo que possam comprometer o cumprimento das medidas de distanciamento social, privilegiando aqueles que possam ser realizadas em espaços mais amplos e arejados (pátios e jardins), em regime rotativo dos grupos, considerando o distanciamento social recomendado, bem como as atividades que recorram a materiais mais facilmente higienizáveis.

• Higienizar com álcool 70% os materiais utilizados pelas crianças/estudantes antes e depois do seu manuseio.

Refeitório

• Evitar filas na entrega do lanche/almoço.

• Marcar os lugares no refeitório de forma a assegurar o máximo de distanciamento físico possível entre os estudantes, devendo ser evitado o compartilhamento de alimentos e objetos entre eles (lanches ou artigos pessoais, como garrafinhas, copos e talheres). Nos revezamentos entre os turnos, devem ser realizadas a adequada limpeza e a desinfecção das superfícies utilizadas, com produto recomendado para tal fim.

Espaços escolares

• Utilizar os laboratórios apenas nos casos em que o professor considerar essencial para atingir os objetivos de aprendizagem, observando as recomendações de distanciamento físico, higienização adequada do ambiente, higienização dos equipamentos após a aula prática, uso e higienização adequada de equipamentos de proteção, como jaleco, óculos e luvas, os quais não devem ser compartilhados.

• Caso a biblioteca escolar seja utilizada, devem ser implementadas medidas para garantir a devolução e o empréstimo de livros em condições de segurança, devendo ser separado local específico para os materiais devolvidos, os quais serão mantidos no acervo por 5 dias para serem novamente liberados para empréstimo, tornando-se obrigatória a orientação para que os funcionários higienizem a mãos sempre que manipularem os livros.

• Para o caso de ambientes fechados, os equipamentos de ar-condicionado, quando houver, devem permanecer desligados e as janelas devem estar sempre abertas, livres de cortinas, para garantir a ampla circulação do ar.

Higiene e limpeza

• Disponibilizar sabonete líquido, papel toalha, papel higiênico e lixeiras com tampa acionada por pedal ou outro mecanismo que dispense contato manual nos banheiros.

• Reforçar a limpeza dos pisos, equipamentos e sanitários. Intensificar a rotina diária de limpeza e desinfecção de superfícies, balcões, mesas, maçanetas, puxadores, corrimãos, interruptores, teclados, mouses, celulares, telefones fixos, cadeiras, entre outros.

Confira o calendário de volta às aulas em Vitória 

• 22 de fevereiro: retorno das aulas para todos os estudantes da Rede, em modelo híbrido, com professores nas escolas e alunos em casa.

• 1º de março: retorno presencial das turmas do ensino fundamental II, do 6º ao 9º ano.

• 15 de março: retorno presencial das turmas do ensino fundamental I, do 1º ao 5º ano.

• 29 de março: retorno presencial das turmas do ensino infantil para alunos de 4 e 5 anos.

Últimas