Folha Vitória Conheça os setores que mais contratam para o primeiro emprego

Conheça os setores que mais contratam para o primeiro emprego

A experiência profissional é uma das exigências mais presentes em boa parte das vagas de emprego disponíveis, mas existem áreas que enxergam benefícios em candidatos com pouca ou nenhuma experiência de trabalho

Folha Vitória
Foto: internet
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Não é fácil encontrar uma vaga de emprego que inicie as assinaturas na carteira de trabalho, mas saiba que existem alguns setores que fazem questão de contratar pessoas que estão começando a carreira de trabalho, ou seja, pessoas sem experiência. Segundo um levantamento feito por especialistas, os setores de comércio e serviço são os que mais contratam candidatos nestas condições. 

Locais como supermercados, lojas, telemarketing e outros negócios com perfil semelhante costumam abrir as portas e dar a chance de empregar quem nunca trabalhou.

O motivo, segundo a administradora e especialista em gestão de pessoas Marília Tavares, é que as atividades desenvolvidas nesses setores muitas vezes não demandam especialização. “Por isso, são os setores que mais absorvem quem não tem experiência”, pontuou.

Além disso, ela acrescentou, que sendo menor a qualificação exigida para a vaga, mais fácil é para as empresas treinarem e capacitarem os candidatos que nunca trabalharam na função, por exemplo. 

“A empresa consegue ensinar esse novato na atividade e cultura organizacional com mais facilidade. Sendo esse outro motivo para conceder a primeira oportunidade de emprego”, explicou a administradora, também conselheira do Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES).

O administrador especializado em Gestão Estratégica de Pessoas, consultor em Gestão de Pequenos Negócios e diretor do CRA-ES, Robson Brandão Neves, faz um alerta sobre informações importantes que devem constar no currículo para o primeiro emprego.

“Vagas com esse perfil, em geral, têm a necessidade de contratação imediata. Então seja sincero, coloque os cursos e as atividades voluntárias que realizou além, claro, dos dados pessoais atualizados”, disse.

Segundo ele, é importante verificar sempre a caixa de e-mail. “O contato da empresa pode ser através dele e não por telefone. Vale lembrar: não coloque telefone de terceiros, mas os pessoais”, instruiu o especialista que também é conselheiro do CRA-ES.

Últimas