Folha Vitória Contador do tráfico do bairro da Penha é reconhecido por policial em churrascaria e acaba preso

Contador do tráfico do bairro da Penha é reconhecido por policial em churrascaria e acaba preso

Um policial civil acompanhado de outros colegas reconheceu o suspeito em uma churrascaria de Vitória, que já era procurado pelas Forças de Segurança, e deu voz de prisão

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Foto mostra o suspeito na churrascaria momentos antes de ser preso

Um homem suspeito de integrar uma organização criminosa no bairro da Penha, em Vitória, foi preso em uma churrascaria em Jardim Camburi, também na Capital. Rodrigo Matheus Pereira Costa, conhecido como "Kinder", é apontado pela polícia como contador do grupo.

> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas pelo WhatsApp? Clique aqui e participe do nosso grupo de notícias!

Rodrigo era um dos alvos da Operação Sicário e estava sendo procurado pelas Forças de Segurança. O suspeito foi preso nesta quarta-feira (14) após ser reconhecido por policiais de folga que assistiam a uma partida de futebol na churrascaria.

Um policial civil que estava acompanhado de um colega de trabalho da corporação e um soldado da Polícia Militar reconheceu o suspeito. Rodrigo estava em outra mesa com moradores do bairro da Penha. Ele acabou detido e encaminhado para o Centro de Triagem e Viana.

LEIA TAMBÉM: Jovem mata a namorada e tira a própria vida em Vila Velha

Segundo a polícia, as investigações apontaram que ele atuava como gerente estratégico e era responsável pela contabilidade do tráfico dentro da organização criminosa. Contra ele havia mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas e organização criminosa.

Suspeito tinha envolvimento com outro traficante 

As investigações apontaram ainda que "Kinder" aparece em imagens ao lado de Jean Finamore, outro traficante que, segundo a polícia, é muito perigoso e está foragido do sistema prisional. O rapaz é outro alvo da Operação Sicário I e foi preso pela Polícia Militar em maio de 2021

Na época, os policiais militares fizeram uma operação no bairro da Penha. Jean e outros dois homens foram encontrados em uma escadaria da região conhecida pelo tráfico de drogas. Assim que eles viram os policiais, tentaram fugir para uma casa, mas acabaram presos. 

Jean, de acordo com a polícia, chefiava o tráfico de drogas da região e era o braço direito de Fernando Moraes Pimenta, mais conhecido como "Marujo". Um dos traficantes mais procurados do Espírito Santo e apontado como chefe de um grupo criminoso que atua no bairro da Penha.

LEIA TAMBÉM: PCV: entenda como funciona a maior organização criminosa do ES

Traficante está foragido deste agosto

Em agosto deste ano, no entanto, Jean Finamore recebeu o benefício da saidinha do Dia dos Pais e não retornou ao sistema prisional. 

Em 2019, Jean já havia sido preso durante uma operação que aconteceu em Piúma, no Sul do Estado. Na época, ele e outros três suspeitos furaram um bloqueio da Polícia Rodoviária Federal, quando voltavam do Rio de Janeiro para o Espírito Santo.

*Com informações da repórter Gabriela Valdetaro, da TV Vitória/Record TV.

Últimas