Folha Vitória Corpos de homem que matou companheira na frente do filho e tirou a própria vida são liberados

Corpos de homem que matou companheira na frente do filho e tirou a própria vida são liberados

O irmão do homem disse que a vítima tinha 56 anos e era representante comercial. Há três anos, ele lutava contra leucemia, além de sofrer de depressão

Folha Vitória
Foto: Luana Damasceno
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A mãe da mulher que foi morta pelo marido, na tarde de quinta-feira (12) esteve no Departamento Médico Legal, em Vitória, para liberar o corpo da filha. A família do homem também esteve no local. O enterro e velório acontecem em cemitério da Serra. O filho do casal, que viu o pai matando a mãe e depois tirando a própria vida, está na casa da avó materna.

O irmão do homem disse que a vítima tinha 56 anos e era representante comercial. Há três anos, ele lutava contra leucemia, além de sofrer de depressão.

As famílias ainda tentam entender o que motivou o crime. Agora, a atenção maior é voltada para o filho do casal, um menino de 9 anos, que presenciou toda a ação. A criança foi levada para a casa da avó materna. A mulher tinha 42 anos e foi executada a facadas pelo marido, que depois tirou a própria vida.

Eles moravam em um apartamento que fica em um condomínio em Jardim Camburi, na Capital. Vizinhos contaram que estavam em casa quando ouviram um barulho.

O irmão do homem contou que ele não aceitava o fim do relacionamento e que nessa quarta-feira (11) chegou a desmarcar com o advogado, que cuidaria da separação para tentar se entender com a esposa, mas durante a tarde a família ficou sabendo do crime.

*Com informações do repórter Waslley Leite, da TV Vitória/Record TV

Últimas