Folha Vitória Costureira é assaltada em plena luz dia; assaltos e arrombamentos são constantes na região

Costureira é assaltada em plena luz dia; assaltos e arrombamentos são constantes na região

Na última semana, um outro caso de arrombamento foi registrado na mesma rua

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Criminosos armados assaltaram uma costureira no bairro Industrial, em Vila Velha. O crime aconteceu em plena luz do dia e a vítima estava sentada na calçada na hora do susto. Uma dos assaltantes chegou a entrar no quintal da casa para pegar o celular. 

O crime aconteceu na tarde da última segunda-feira (25) e no momento em que a costureira  estava sentada na calçada, dois homens chegaram de moto e foram em direção à ela. Ela conta que o homem que estava na garupa da moto saiu armado pedindo o celular, mas em um momento de susto, a vítima acabou jogando o aparelho na direção do quintal.

"Eu tinha acabado de chegar de frente à minha casa, estava com minha bolsa, aí vieram os dois e já veio armado pulando da moto e foi para o meu lado, dizendo para eu não correr senão iria atirar na minha cabeça. Eu joguei o celular dentro do lote e ele entrou lá, pegou e saiu correndo, deixou o chinelo perdido e fugiu", contou a vítima.

Após fugirem, além do chinelo deixado no local, fica também o sentimento de medo por parte da moradora que está no bairro há anos, mas que recentemente não tem sentido tranquilidade nem mesmo para se sentar na calçada.

"Não pode nem sair, às vezes alguém chega chamando e pedindo alguma coisa, você fica até com medo de vir atender, você não sabe quem é que está para te assaltar", disse.

Situação repetida

Não é o primeiro caso de roubo que o jornalismo da TV Vitória exibe no bairro Industrial. Na última sexta-feira (22), um vídeo começou a circular entre os moradores do bairro mostrando um homem arrombando o portão de um prédio na mesma rua do caso anterior.

A ação também acontece durante o dia e o homem, com a ajuda de uma ferramenta, começa a forçar a porta de vidro por vários minutos até que ele consegue abrir e invadir o prédio. No lado de dentro, uma câmera flagrou o criminoso circulando pela garagem do condomínio. 

Agora, o único desejo de Vania é que a polícia tenha mais atenção com a região do bairro Industrial, pois os assaltos e arrombamentos estão cada vez mais frequentes.

"Precisa da polícia passar mais vezes aqui, às vezes você não vê polícia, não vê nada, os policiais estão parados lá em baixo, um monte em um lugar só, deveria estar sempre passando e rondando", explicou a moradora.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas