Folha Vitória Covid-19: aumento na ocupação de leitos pode 'fechar a porta' para pacientes de outros Estados

Covid-19: aumento na ocupação de leitos pode 'fechar a porta' para pacientes de outros Estados

O Governo do Espírito Santo estabeleceu uma taxa de ocupação de 80% nos leitos de UTI exclusivos para a covid-19

Folha Vitória
Foto: Diego Simao
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Depois de receber pacientes infectados pela covid-19 de Manaus, Rondônia e Santa Catarina, o Governo do Espírito Santo pode suspender a disponibilização de leitos para quem vem de outros estados. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foi estabelecida uma taxa de ocupação de 80% de leitos exclusivos para covid-19 como um alerta para suspender a vinda de pacientes de outros Estados. 

Na segunda-feira (08), a taxa de ocupação em leitos de UTI exclusivos para a doença chegou a 79,01%. Com isso, a Sesa informou ao governo catarinense que a garantia da oferta estaria submetida a avaliação do comportamento da ocupação nos próximos dias. A previsão era de que 15 pacientes catarinenses fossem transferidos para o Espírito Santo. 

Leia também: "Chegada de doses deve garantir imunização de adultos com mais de 30 anos", afirma secretário

Segundo dados o Painel de Ocupação de Leitos Hospitalares, da Sesa, na manhã desta terça-feira (09), o Espírito Santo possui 78,87% de ocupação nos leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com a covid-19. Ou seja, dos 724 leitos do tipo disponíveis no estado, cerca de 570 estão ocupados.

Ao todo, o estado possui 1.400 leitos para tratamento da covid-19. A taxa atual de ocupação é de 73,21%, somadas as disponibilidades em leitos de UTI e enfermaria, que somam 676 leitos disponíveis, com taxa atual de ocupação de 67,16%.

Em coletiva, realizada na segunda-feira (08), o secretário Nésio Fernandes falou sobre uma possível ampliação de leitos para o enfrentamento de uma terceira elevação nos números da doença no Espírito Santo.

"O estado foi preparado para que neste momento a gente pudesse desenhar uma expansão na oferta de leitos. Temos a expectativa de ter 900 leitos para atender pacientes de covid-19 até o fim do mês de abril. Existem limitações de infraestrutura e recursos humanos", disse.

Transferidos

No total, a Secretaria da Saúde já disponibilizou 80 leitos para transferência de pacientes de outros estados. Até a tarde de segunda, a situação dos transferidos para tratamento em solo capixaba era a seguinte:

Amazonas: dos 36 pacientes transferidos do estado do Amazonas para o Espírito Santo, 02 permanecem sob os cuidados dos profissionais do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, sendo 01 em UTI e 01 em enfermaria. Do total de pacientes transferidos, 26 receberam alta e 08 faleceram.

Rondônia: dos 40 pacientes de Rondônia transferidos para o Estado, 19 permanecem em UTI e 03 em enfermaria. Do total de pacientes transferidos, 09 tiveram alta e 09 faleceram.

Santa Catarina: dos quatro pacientes que vieram do estado de Santa Catarina, 03 permanecem sob os cuidados dos profissionais do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, e 01 infelizmente evoluiu para óbito.

Últimas