Folha Vitória Covid-19: com credenciamento de laboratórios, Estado prevê agilizar exames já na semana que vem

Covid-19: com credenciamento de laboratórios, Estado prevê agilizar exames já na semana que vem

Testes rápidos também devem ser implantados em hospitais, além de uma nova rodada de inquérito sorológico na população capixaba

Folha Vitória
Foto: Divulgação/Fiocruz
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A demora na entrega dos resultados tem sido reclamação constante de quem faz exames para detecção da covid-19 pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em algumas cidades do Espírito Santo, a situação é confirmada pelas próprias prefeituras. Em Vila Velha e Serra, segundo notas das secretarias de Saúde de cada município, o prazo para que os pacientes recebam os resultados varia de 10 a 20 dias. No início da pandemia, eram de 4 a 5 dias.

As unidades de saúde são responsáveis pelas coletas e encaminham as amostras para o Laboratório Central do Estado (Lacen-ES), em Vitória. De acordo com o gerente de Vigilância em Saúde do Estado, Orlei Amaral Cardoso, a demanda de exames atualmente no Lacen está muito alta.

"Nós temos hoje um aumento considerável, temos um curva ascendente da pandemia no estado e, consequentemente, teve um aumento no número de amostras. Nós estamos recebendo em torno de 1,8 mil a 2,2 mil amostras por dia no Lacen", destacou.

Para dar conta da alta demanda, o governo do Estado tem investido em estratégias para agilizar o serviço no Laboratório Central. Entre elas, está o credenciamento de laboratórios privados para ampliar o número de amostras analisadas por dia. Testes rápidos também devem ser implantados em hospitais, além de uma nova rodada de inquérito sorológico na população.

De acordo com o gerente de Vigilância em Saúde, a partir da próxima semana os pacientes já devem sentir mudanças. "Se nós considerarmos a questão dos laboratórios por credenciamento, nós já estamos na fase do credenciamento. Então pode ser que, na semana que vem, a gente já possa começar a enviar amostras", afirmou Cardoso.

Leia também:

>> Covid-19: parceria do governo do ES com laboratórios particulares possibilitará exames gratuitos

>> Governo do ES vai pagar R$ 160 por teste de covid-19 em laboratórios particulares

Para os pacientes que esperam pelo resultado, a demora torna-se uma preocupação a mais num período tão sensível como a quarentena. Além de enfrentar a doença, o tratamento, o isolamento, ainda é preciso lidar com a angústia da incerteza.

"Em primeiro lugar, as pessoas que não têm o resultado na mão se sentem inseguras sobre o que elas podem fazer e o que não podem fazer. A recomendação é, para toda pessoa que está aguardando resultado de exame, que ela não saia de casa, que ela se mantenha em isolamento até que o resultado saia", orientou a médica infectologista Rúbia Miossi.

Já a psicóloga Aline Hessel afirma que a incerteza torna o sofrimento do paciente ainda maior. "O aguardo de qualquer resultado de exame naturalmente já gera uma expectativa e uma ansiedade. Se tratando do coronavírus e das consequências que esses exames podem trazer, com certeza tem uma carga emocional maior", destacou.

A psicóloga orienta: o melhor a fazer é passar pelo momento com otimismo. "Sempre ter pensamentos positivos, com uma boa alimentação. Isso vai ser fundamental para ajudar na recuperação e na melhora, seja emocional ou física", frisou.

Com informações da jornalista Andressa Missio, da TV Vitória/Record TV 

Últimas