Folha Vitória Covid-19: ES volta a registrar mais de mil novos casos em 24 horas

Covid-19: ES volta a registrar mais de mil novos casos em 24 horas

O número de infectados registrado em 24 horas não ultrapassava a marca no Estado desde outubro. Entre esta quarta e quinta-feira, foram registrados mais de 1,2 mil novos casos

Folha Vitória
Foto: Governo de São Paulo
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Espírito Santo voltou a registrar mais de mil casos de covid-19 em 24 horas. De acordo com o Painel da Covid-19, da Secretaria Estadual de Saúde, entre esta quarta (05) e quinta-feira (06), o Estado registrou 1.202 casos. O número estava em queda e, desde outubro, não alcançava a marca do milhar.

Além disso, seis óbitos também foram registrados nas últimas 24 horas. Com isso, o Estado chegou a 13.346 óbitos e 633.080 casos positivos para covid-19 desde o início da pandemia, em março de 2020. O painel aponta ainda que 609.935 pessoas conseguiram se recuperar da doença no Estado.

LEIA TAMBÉM: Brasil registra a primeira morte pela variante Ômicron

Entre os municípios que registraram o maior número de casos, a Serra continua líder no ranking de pessoas infectadas pelo coronavírus. Ao todo, foram contabilizados 80.289 casos da doença na cidade.

Vila Velha permanece ocupando a segunda posição com 79.832 casos registrados desde o início da pandemia. Vitória segue na terceira colocação, com 69.572 registros confirmados da doença. Em Cariacica, 48.546 casos foram contabilizados.

Vila Velha, entretanto, ainda é o município capixaba com o maior número de mortes causadas pela covid-19: 1.837. A Serra é o segundo com mais mortes, registrando 1.610, seguido de Cariacica, com 1.474 e Vitória com 1.313 óbitos.

LEIA TAMBÉM: Vitória não terá carnaval de rua pelo segundo ano consecutivo

Ainda segundo o painel, Jardim Camburi, em Vitória, permanece como o bairro capixaba com o maior número de casos confirmados da doença. Ao todo, 11.045 pessoas já foram infectadas.

A Praia da Costa, em Vila Velha, é o segundo bairro, com 9.177 casos. Jardim da Penha, também na Capital, ocupa a terceira colocação, com 6.266.

Últimas