Folha Vitória Covid-19 pode ser classificada como doença vascular e provocar trombose, aponta estudo

Covid-19 pode ser classificada como doença vascular e provocar trombose, aponta estudo

A doença pode causar lesões nas células que revestem os vasos sanguíneos, levando à formação de coágulos

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um estudo sobre o novo coronavírus aponta que a doença também pode impactar o sistema vascular, além dos problemas respiratórios já conhecidos. Os pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) analisaram amostras de pacientes que faleceram pela doença. Os indivíduos tinham lesões nas células que revestem os vasos sanguíneos dos pulmões.

De acordo com o médico cirurgião vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, Gustavo Solano, esse tipo de lesão pode levar à trombose. "Também conhecida como Trombose Venosa Profunda (TVP), essa doença é a formação de um coágulo sanguíneo no interior de uma ou mais veias do corpo. Em 90% dos casos, a condição atinge os membros inferiores e causa grande desconforto, mas há o risco de um fragmento do coágulo se desprender e entrar na corrente sanguínea, em direção aos pulmões, provocando um quadro de embolia pulmonar, que pode levar a óbito", explica. 

O médico lembra que o tratamento da TVP pode ser realizado por meio de medicamentos e também com o auxílio da terapia de compressão graduada, entre outros procedimentos. 

Para as pessoas que já tiveram ou têm um quadro de trombose ou, ainda outras doenças venosas, como varizes, o especialista alerta para a maior necessidade de prevenir a contaminação pelo novo coronavírus, além de aumentar a atenção com a saúde vascular e usar, com frequência, meias ou canelitos de compressão graduada, que estimulam o fluxo sanguíneo e evitam a formação desses coágulos. 

O médico parceiro da SIGVARIS GROUP destaca que "essas pessoas precisam evitar ao máximo qualquer tipo de exposição ao novo coronavírus e seguir todas as recomendações de higiene das mãos, em razão dos maiores riscos de graves complicações. É importante, também, que o tratamento da trombose ou das varizes não seja interrompido no caso de a pessoa já ter uma dessas doenças ou tenha histórico familiar de doenças venosas, mesmo que ainda não apresente sintomas", disse.

O especialista explica que a covid-19 pode lesionar uma camada fina de células, chamada de endotélio, que protege o vaso sanguíneo para evitar tromboses. Sem essa camada, o sangue coagula e obstrui a circulação. "No pulmão, além de proteger o vaso sanguíneo contra a coagulação, o endotélio é responsável por promover a troca gasosa, ajudando o ar do pulmão a entrar na corrente sanguínea. Sem o endotélio, a situação clínica do paciente pode se agravar até chegar ao óbito", finaliza o médico.

Últimas