Folha Vitória Covid-19: Vila Velha abre mais de 11 mil vagas para primeira e segunda doses nesta sexta (03)

Covid-19: Vila Velha abre mais de 11 mil vagas para primeira e segunda doses nesta sexta (03)

Serão 11.960 vagas que vão atender a aplicação da primeira dose para faixa etária acima de 18 anos, gestantes e puérperas além das segundas doses da Pfizer, AstraZeneca e Coronavac

Folha Vitória
Foto: William Caldeira / PMVV
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

E a imunização segue a todo vapor no Espírito Santo. Nesta sexta-feira (03), a Prefeitura de Vila Velha vai disponibilizar 11.960 vagas para aplicação da primeira dose para a faixa etária acima de  18 anos, gestantes e puérperas, além das segundas doses da Pfizer, AstraZeneca e Coronavac. 

O agendamento está previsto para começar às 15h e poderá será feito no site: agenda.vilavelha.es.gov.br. Para os capixabas com mais de 18 anos, foram disponibilizadas cerca de 2.100 vagas. Já para gestantes e puérperas 60. 

Cerca de 5.600 vagas foram abertas para vacinas da Pfizer e outras 3.300 para a AstraZeneca. Para agendar as vacinas é necessário ter recebido a primeira dose há 70 dias.

Já para a segunda dose da Coronavac foram disponibilizadas cerca de 900 vagas. Para garantir o agendamento é necessário ter recebido a primeira dose há 28 dias. 

Intervalo de 70 dias no ES

Desde a última semana já é possível completar o esquema vacinal contra covid-19, com imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca, a partir da décima semana, ou seja, 70 dias. A nova estratégia ocorre em um cenário de disponibilidade de doses aos cidadãos que precisam receber a D2, sejam os com esquema em atraso ou aqueles aptos.

“Ajustamos esse intervalo de maneira operacional, porque temos doses para fazer a D2 em um intervalo menor. Ressaltamos que a décima semana não é a data final. É a partir da décima semana, ou após 70 dias, que recebeu a D1, que o cidadão está apto a receber a dose responsável por consolidar e firmar a resposta do organismo contra a Covid-19", explicou o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin.

>>Saiba mais: Covid-19: 2ªdose pode ser aplicada com intervalo de 70 dias no ES

Últimas