Folha Vitória Crea-ES pede que peças de teto do Terminal de Itaparica sejam substituídas

Crea-ES pede que peças de teto do Terminal de Itaparica sejam substituídas

Novas vistorias serão realizadas ainda nesta semana para monitorar os serviços que estão sendo implementados no local

Folha Vitória
Foto: Divulgação/Crea-ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Terminal de Itaparica, em Vila Velha, entregue há menos de um mês, já está passando por obras de reparos. Na primeira chuva após o retorno da operação, foram registrados goteiras e alagamentos no local. A empresa responsável pelas obras foi notificada e deu início aos reparos de vedação.

Agora, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), após uma vistoria realizada nesta segunda-feira (15), orientou que haja um reparo técnico total ou da substituição de todos os cones por outros modelos, "para que haja de fato um serviço de engenharia realizado com qualidade", informou, em nota.

Leia também: Vistoria do Crea-ES aponta falhas de vedação em estrutura do Terminal de Itaparica

De acordo com o comunicado emitido pelo Crea-Es, os fiscais que avaliaram as intervenções que estão sendo executadas na estrutura constataram que já foram procedidos reparos em três furos nas membranas e apontou mais um orifício no local. A equipe observou ainda o início dos reparos nos anéis superiores contra o gotejamento pelas aberturas no "teto" da membrana.

A nota ainda informa que a empresa responsável pelas obras de reparo também já está realizando a instalação de protetores antichoque. A necessidade foi apontada pelo Crea-ES nas primeiras vistorias realizadas no local. 

Nesta terça-feira (16), uma nova vistoria técnica será realizada pelo Crea-ES no Terminal de Itaparica, no Residencial Vila Velha e no Edifício Santos. Os fiscais e profissionais especialistas do Conselho irão avaliar as intervenções que estão sendo executadas nas estruturas a fim de evitar riscos de acidentes e danos à população.

"As vistorias técnicas e os trabalhos de monitoramento do Crea-ES permanecerão nos próximos dias até que as situações desses empreendimentos se estabilizem e ofereçam segurança à sociedade", diz a nota.

Últimas