Folha Vitória Criança de um ano encontrada na rua é devolvida à mãe em Vitória, diz família

Criança de um ano encontrada na rua é devolvida à mãe em Vitória, diz família

Bebê havia sido avistado por câmeras de videomonitoramento andando pela madrugada em rua do bairro Resistência

Foto: Reprodução/TV Vitória Câmeras mostraram menina de um ano andando na madrugada de segunda-feira (26) pelo bairro Resistência em Vitória

A criança de um ano que foi flagrada andando sozinha pela rua do bairro Resistência, em Vitória, já está com a família. A informação foi passada pelos parentes da menina para a equipe de produção da TV Vitória/Record TV, na noite desta terça-feira (26). 

Eles confirmaram que ela foi entregue, pelo Conselho Tutelar, à mãe durante a tarde. A mãe está aliviada. Em entrevista à reportagem, ela tinha falado que tudo não passou de um mal-entendido.

Entenda o caso

Um bebê do sexo feminino foi encontrado na porta de uma casa, na madrugada da última segunda-feira (25), no bairro Resistência, em Vitória. Moradores acordaram com o choro da criança e acionaram a polícia.

Segundo testemunhas, a criança tem, no máximo, 1 ano de idade. Ela estava apenas de fralda quando foi encontrada por uma atendente de 30 anos.

O marido da mulher contou que a esposa ficou em choque quando viu a menina. O que chamou ainda mais a atenção do casal é que a criança, apesar de não estar vestida, estava bem cuidada e parecia ter se alimentado há pouco tempo. 

Mãe afirma que não abandonou a filha

A mãe da criança disse que tudo não passou de um mal-entendido e esperava ter a filha de volta. A menina estava sob medida protetiva a cuidados do Conselho Tutelar da capital desde segunda (25).

LEIA TAMBÉM: Mãe de menina de 1 ano encontrada na rua em Vitória nega abandono e espera ter a filha de volta

Câmeras de segurança da região flagraram o momento em que a criança aparece no meio da rua. Segundo a mãe, a menina começou a andar há apenas algumas semanas e foi encontrada por uma vizinha, que não a reconheceu e chamou a Polícia Militar. 

Por que não informamos os nomes dos envolvidos?
Os nomes da criança e dos familiares não foram divulgados pelo Folha Vitória para preservar a identidade dos envolvidos, em cumprimento ao que é determinado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). 

Últimas