Folha Vitória Criança é baleada durante confusão no município de Guarapari

Criança é baleada durante confusão no município de Guarapari

A criança foi atingida com um tiro na perna e encaminhada para um hospital da região

Folha Vitória
Foto: internet
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Imagem ilustrativa

Uma criança foi baleada na perna na noite de sexta-feira (19), durante uma confusão entre moradores e policiais militares no bairro Santa Mônica, em Guarapari. Um homem acabou preso por tráfico de drogas. 

A Polícia Militar foi acionada por uma pessoa que teve a casa invadida por um criminoso. Os policiais foram até o local, e em depoimento, a vítima descreveu a característica do carro do suspeito. Com as informações colhidas, os militares realizaram patrulhamento e conseguiram deter o bandido no bairro Elza Nader. 

Por nota, a Polícia Militar informou que durante a abordagem, o suspeito de 41 anos, que estava conduzindo o veículo, se exaltou e tentou agredir os policiais. Os PMs efetuaram dois disparos para conter homem. Houve confusão e populares tentaram evitar que o suspeito fosse conduzido para a delegacia.

Para dispersar a multidão, a polícia precisou usar equipamentos não letais. Durante a confusão, uma criança acabou sendo atingida com um disparo na perna. 

Ainda segundo a PM, assim que receberam a informação de que a criança foi atingida, ela foi encaminhada por uma guarnição da polícia ao Hospital Infantil de Guarapari. A Polícia Militar informou que considerando o histórico da ocorrência, será instaurado procedimento investigatório para a devida apuração.

No veículo do suspeito, os militares encontraram uma mala no interior do veículo com 23 tabletes de maconha, quatro bisnagas de haxixe, 19 tabletes pequenos de maconha, rolo de papel filme e R$ 1.300.

A Polícia Civil informou que o suspeito foi conduzido à Delegacia Regional de Guarapari e autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, sendo posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Guarapari, e que o entorpecente apreendido foi entregue na Delegacia e será encaminhado para o Laboratório de Química Legal, do Departamento Médico Legal da Polícia Civil, para ser analisada e posteriormente incinerada. 

*Com informações da repórter Rafaela Freitas, da TV Vitória/RecordTV

Últimas