Folha Vitória Criança morta em Vila Velha: sangue e sêmen são encontrados na roupa do menino

Criança morta em Vila Velha: sangue e sêmen são encontrados na roupa do menino

A informação foi confirmada após os exames do Laboratório de Biologia Forense da Perícia da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES)

Folha Vitória
Foto: Folha Vitória

As roupas do menino de dois anos, que morreu na madrugada do último dia 05 de julho, no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, apresentavam sinais de sangue humano e Antígeno Específico da Próstata (PSA). A informação foi confirmada após os exames do Laboratório de Biologia Forense da Perícia da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES).

No mesmo dia do fato, os pais do menino Jorge Teixeira da Silva Neto, de 2 anos e 8 meses, foram presos e autuados pelos crimes de estupro de vulnerável com resultado morte e tortura. A perícia foi realizada na residência do casal, onde no quarto deles foi encontrado um body infantil, que foi apreendido, além de outras roupas da criança.

O resultado do exame constatou que neste body infantil havia PSA, que é uma indicação verdadeira de que foi encontrado sêmen nessa peça de roupa, além de ter sido encontrado sangue humano na mesma roupa. Nas outras peças analisadas, o exame encontrou sangue humano, PSA e sêmen.

O Inquérito Policial (IP) sobre o caso continua sob investigação da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha. Após a conclusão, será realizado o indiciamento contra os suspeitos, que continuam presos no Sistema Prisional.

Últimas