Folha Vitória Criminosos invadem casa, roubam motor de ar-condicionado e deixam prejuízo de R$ 12 mil

Criminosos invadem casa, roubam motor de ar-condicionado e deixam prejuízo de R$ 12 mil

O crime aconteceu no bairro Cristóvão Colombo, em Vila Velha, e moradores da região afirmam que esse tipo de crime acontece quase diariamente

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma casa no bairro Cristóvão Colombo, em Vila Velha, foi invadida por criminosos, que roubaram o motor de um ar-condicionado. O prejuízo ultrapassou os R$ 12 mil e os moradores da região se queixam de constantes invasões, mesmo durante o dia.

Todo o prejuízo ficou na conta de uma cabeleireira. Na garagem da moradora,  sobraram apenas as carcaças do ar-condicionado, já que a parte mais cara foi levada pelo criminosos.

"Era 4 horas quando eles entraram. Trouxeram as chaves, que inclusive ficaram jogadas no chão, desmontaram o ar-condicionado e levaram as peças que eram de maior valor, que são os motores", contou.

Infelizmente essa não foi a primeira invasão na casa da cabeleireira. Há poucos dias, homens entraram na garagem da residência e levaram três bicicletas. Tudo isso aconteceu em um domingo, em plena luz do dia.

"Eles entraram, cortaram o fio do meu portão que é eletrônico, e só não conseguiram roubar porque alguém viu. Depois de três dias, no sol quente de domingo, que alguns saíram para almoçar e outros para a praia, eles arrombaram o portão e levaram três bicicletas novas", disse a moradora.

Os furtos são quase diários na região

Segundo relatos dos moradores de Cristóvão Colombo, a casa de Shirley é apenas uma das residências que já sofreram com a constante criminalidade nos últimos meses.

De eletrodomésticos à bicicletas, os criminosos levam tudo o que conseguem e os moradores pedem socorro.

"O ferro-velho, há pouco tempo, era cinco centavos o quilo. Hoje é mais de um real e isso está trazendo mais pessoas de fora para poder fazer esses atos ilícitos no nosso bairro, que era um bairro tranquilo", afirmou o industriário Renato Gomes Machado.

Não é a primeira vez que o jornalismo da TV Vitória/Record TV vai ao bairro para falar de insegurança. 

Em julho, a Associação de Prevenção e Assistência aos Dependentes de Drogas (APADD) foi invadida por criminosos e ficou com um prejuízo de mais de R$ 100 mil. Eles levaram carro, moto, televisões e até comida.

"Eles mexeram em todos os consultórios, mexeram em todas as salas administrativas, foram no depósito e tiraram 30 quilos de carne. Retiraram até a botija de gás", lembrou o presidente APADD, Carlos Roberto.

* Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.

Últimas