Folha Vitória Criminosos invadem loja e furtam até o botijão de gás

Criminosos invadem loja e furtam até o botijão de gás

Os suspeitos ainda levaram peças de hidráulica de bronze e o dinheiro que estava no caixa da loja que fica no bairro Jardim Limoeiro, na Serra

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Criminosos invadiram uma loja de material hidráulico, na madrugada desta quarta-feira (30), e deixaram os proprietários no prejuízo. Além de levar peças que eram vendidas no comércio que fica no bairro Jardim Limoeiro, na Serra, os suspeitos roubaram um botijão de gás que ficava na cozinha.  

Para entrar no estabelecimento, os suspeitos arrancaram uma grade e quebraram um cadeado. Como a loja já tinha sido alvo de criminosos recentemente, o dono colocou um outro cadeado do lado de dentro. Os suspeitos não conseguiram abrir a porta e foram buscar um outro acesso. 

Segundo um dos sócios da loja, os suspeitos conseguiram entrar na loja por uma báscula. A passagem é estreita e, por isso, o comerciante acredita que o crime não foi cometido por uma única pessoa. "É um espaço pequeno. Para passar por ali e levar tudo o que eles levaram sozinho é complicado. Tinha mais de uma pessoa", destacou.

Segundo testemunhas, dois homens participaram do crime. Os suspeitos levaram R$ 200 que estava no caixa e peças hidráulicas. As peças, de acordo com o sócio da loja, são relativamente pequenas, mas com valor agregado, já que todo o material é de bronze. Os suspeitos ainda levaram a botija de gás da cozinha.

"O prejuízo fica entorno de R$ 1.200, R$ 1.300 reais. Levaram a botija, também. Hoje os funcionários e clientes estão sem café, porque não tinha outra botija na loja", disse.

No momento do crime, uma viatura da Polícia Militar passava pela região e se deparou com um homem com um saco grande nas costas. O suspeito disse aos policiais que foi até a região para fazer a retirada de uma encomenda. 

De acordo com os policiais, o suspeito teria relatado que recebeu a sacola de um usuário de drogas e que iria vender o material. O suspeito foi levado para a delegacia. 

A Polícia Civil informou que o suspeito de 32 anos foi conduzido à Delegacia Regional da Serra, ouvido e liberado após o autoridade policial entender que não haviam elementos suficientes para lavrar o auto de prisão em flagrante naquele momento.

*Com informações da repórter Marla Bermudes, da TV Vitória/Record TV. 

Últimas