Folha Vitória Criminosos se passam por policiais e matam homem a tiros em Vila Velha

Criminosos se passam por policiais e matam homem a tiros em Vila Velha

A vítima foi retirada da casa da namorada por volta de 1h30, mas o corpo só foi encontrado às 6 horas desta terça-feira (04)

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem foi retirado da casa da namorada e morto a tiros em uma rua do bairro Jaburuna, em Vila Velha. Criminosos se passaram por policiais, invadiram a casa em que a vítima estava e tiraram o rapaz do local a força. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (04).

Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Testemunhas contaram que a vítima identificada como Denis Randger Ferreira, de 31 anos, estava na casa da namorada no momento em que os criminosos chegaram e invadiram o local. 

A namorada estava em estado de choque e com o filho de 6 anos. Ela não conseguiu acionar o Ciodes, pois segundo ela, os homens que invadiram a residência estavam vestidos de policiais.

A namorada da vítima preferiu não se identificar, mas contou que tudo aconteceu por volta de 1h30.

"Falaram um monte de coisa, mas eu entrei em choque protegendo meu menino que estava ali do meu lado", disse a jovem ao relembrar os momentos de pânico.

A mulher contou que namorava Denis há dois meses e que ele morava na frente da casa dela. O corpo da vítima encontrado às 6 horas. Segundo informações da Polícia Militar, o local em que Denis foi morto é distante do beco em que ele vivia.

"A distância do Beco da Facada, até o local em que ele foi assassinado é grande. Eles percorreram um caminho bem longo até chegar aqui", afirmou o sargento Soares, da Polícia Militar.

Moradores da região disseram ter escutado os disparos mas não saíram de casa para ver o que havia acontecido. O sargento disse que a polícia tenta entender como ocorreu a ação dos suspeitos.

"O que chegou de informação para nós e dito pela namorada é que por volta de 1h30 desta madrugada, seis pessoas com roupas características da Polícia Civil, não podemos definir se são ou não, chamaram a vítima para fora da residência e conduziram ele até o local onde efetuaram vários disparos", explicou o sargento.

Os militares e a Polícia Civil continuam investigando e tentando descobrir se Denis tinha envolvimento com a criminalidade. A namorada afirma que não soube de nada. Policiais disseram que a região é conhecida pelas constantes disputas pelo tráfico de drogas.

* Com informações da repórter Jéssica Cardoso, da TV Vitória/RecordTV

Últimas