Folha Vitória Criminosos se passam por policiais e matam homem na frente da família em Vila Velha

Criminosos se passam por policiais e matam homem na frente da família em Vila Velha

A mãe do rapaz contou que eles quebraram o cadeado da residência e se identificaram como policiais

Folha Vitória
Foto: Acervo Familiar
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem de 26 anos foi assassinado na frente da mãe e do padrasto na madrugada desta quarta-feira (12), em São Torquato, Vila Velha. Valdiney da Silva Paixão assistia televisão no quarto, acompanhado do padrasto, quando os criminosos quebraram o cadeado do  portão e invadiram a casa.  

A mãe do rapaz contou que eles se identificaram como policiais, e assim que entraram na residência, foram direto para o quarto, atirando contra Valdiney. 

"Chegaram falando que eram da polícia e que era ordem de prisão, mas quando vi, mataram ele em cima da cama", relatou ela.

A cuidadora de idosos afirmou que o filho já teve envolvimento com o tráfico de drogas e saiu da prisão há um ano, mas estava procurando emprego. Ela disse ainda que acredita que os criminosos tenham voltado ao local após o crime.

"Ele não mexia mais com tráfico. Ele era padeiro, tinha curso e estava procurando emprego. Trabalhando aqui e ali, dia após dia. "Sempre disse que queria que meus filhos me enterrassem, e não eu. Ele tem uma filha de 5 anos e eu que crio ela. Sofrimento demais", lamentou a mãe.

De acordo com a Secretária de Justiça do Estado, Valdiney tem passagem pelo sistema prisional por roubo, furto, receptação e tráfico de drogas. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.

Com informações da TV Vitória / Record TV .

Últimas