Folha Vitória Depois de cirurgias, segurança que sofreu acidente precisa de cadeira de rodas

Depois de cirurgias, segurança que sofreu acidente precisa de cadeira de rodas

O pedido de ajuda veio da família que não tem condições de arcar com o custo da compra

Folha Vitória
Foto: Acervo pessoal
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Enock dos Santos Betzel, 40 anos, já passou por duas cirurgias e está a caminho da terceira. O segurança sofreu um acidente de moto em 2019, no bairro Perocão, que causou o esmagamento da perna esquerda e os ossos ainda não consolidaram. Ele precisou passar dois meses no hospital em Vitória e depois foi transferido para Belo Horizonte, Minas Gerais.

“Em Vitória não tinham recursos e após as duas operações queriam amputar a perna dele. Já em Belo Horizonte farão uma nova cirurgia para arrumar a placa que está na perna dele presa apenas por um parafuso, os outros quebraram e causaram muito dor a Enock”, explicou a esposa, Silvia Regina Viana Queiroz.

A esposa também contou que ele não consegue trabalhar, por conta de toda situação, e não tem nenhum benefício porque não tinha carteira assinada na época do acidente. “Ele trabalhava de segurança em uma clínica quando tudo aconteceu, mas não tinha carteira. Estamos na justiça, mas até o momento não conseguimos nada. Sou cuidadora e meu salário apertado que está nos sustentando. Está tudo muito complicado”.

De acordo com a enteada de Enock, Stefany Martins, apesar do acordo com o antigo emprego as audiências na justiça vivem sendo adiadas e o padrasto sempre tem que voltar a Guarapari. “Ele está em outro estado e precisa vir para as audiências, mas por ele não conseguir colocar o pé no chão nem esticar as pernas, é bem difícil essa locomoção. Por isso estamos pedindo ajuda, as necessidades são muitas, mas o principal é uma cadeira de rodas para se locomover”, finalizou.

Últimas