Folha Vitória Depois de quase 2 anos afastados, cobradores do Transcol retornam aos ônibus

Depois de quase 2 anos afastados, cobradores do Transcol retornam aos ônibus

Cerca de 1.200 cobradores retornam aos coletivos após quase dois anos afastados

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os cobradores do Transcol retornaram, nesta segunda-feira (14), aos ônibus depois de quase dois anos afastados. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semobi), cerca de 1.200 profissionais voltaram aos postos de trabalho.

Os cobradores estão atuando nos ônibus sem ar condicionado, de segunda a sexta-feira, nos horários de pico, para realizar a recarga do CartãoGV por meio de cartões de crédito e débito. O pagamento da passagem por dinheiro continua suspenso. 

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Marco Aurélio Leão trabalha como cobrador há 25 anos. Ele contou que estava com saudade do trabalho e está empolgado com o retorno.

"Está sendo bom. Eu gosto muito do trabalho. Está sendo ótimo ajudar os passageiros e o motorista. Estava com saudade, gosto do trabalho. Dentro do ônibus é só cartão, ainda estamos nos adaptando, mas é bom voltar", disse. 

LEIA TAMBÉM: Após boatos de paralisação, ônibus do Transcol circulam normalmente nesta segunda-feira

Alguns passageiros contaram que ficaram satisfeitos com a volta dos cobradores e que esperam que o retorno seja definitivo. Gracita Maria de Souza disse que vai continuar usando o CartãoGV  pela facilidade, mas ficou feliz em ver os cobradores nos coletivos. 

Cobradores do Transcol foram afastados em maio de 2020

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Cerca de 3 mil cobradores foram afastados dos postos de trabalho, em maio de 2020, como medida do governo estadual para prevenir a disseminação da covid-19. Com isso, o pagamento das passagens passou a ser realizado apenas por meio do CartãoGV.

Desde então, o Sindirodoviários cobrava o retorno dos trabalhadores aos coletivos. O impasse gerado entre os rodoviários, empresários e governo fez com que os trabalhadores realizassem paralisações da circulação de ônibus e protestos na Grande Vitória.

LEIA MAIS: Paralisações no Transcol: entenda por que a população tem ficado sem ônibus

A Semobi destacou que, durante o período em que permaneceram afastados, os cobradores receberam os salários e benefícios integralmente e em dia. Uma parte da categoria, no entanto, foi reaproveitada em outras funções dentro das próprias empresas ou aderiu ao Plano de Demissão Voluntária (PDV).

"Dos cobradores que integravam o Sistema Transcol em 2019, cerca de 60% foi contemplada pelo acordo que prevê a requalificação, assumindo novas funções no próprio sistema ou aderindo ao Plano de Demissão Voluntária", explicou em nota.

Ainda de acordo com a secretaria, a categoria teve a oportunidade de participar do Programa CNH Requalifica, lançado em 2021, pelo governo do Estado. A iniciativa permitiu que os profissionais obtenham a habilitação, a fim de aproveitarem novas oportunidades de requalificação dentro ou fora do sistema Trasncol.

Veja outros pontos de recarga para os CartãoGV

Além da recarga nos coletivos, o CartãoGV também pode ser recarregado pelos aplicativos Recarga Pay, Banestes, Pic Pay e Kim+, nas máquinas de autoatendimento instaladas nos shoppings da Grande Vitória, no Masterplace Mall, no Aeroporto de Vitória, na Rodoviária de Vitória e nos terminais de integração.

Nos terminais é possível recarregar nas roletas, com os agentes de vendas e nas lojas do GVBus. Há ainda os estabelecimentos parceiros, como farmácias, lojas e outros tipos de serviço, localizados em pontos estratégicos e de maior demanda, além do MobiGV e da van itinerante.

*Com informações do repórter Lucas Pisa, da TV Vitória/Record TV.

Últimas