Folha Vitória Diego explica pênalti batido mais no meio do gol: “Não bati forte porque não teria precisão”

Diego explica pênalti batido mais no meio do gol: “Não bati forte porque não teria precisão”

"Toda cobrança de pênalti é uma batalha entre o goleiro e o batedor"

"Toda cobrança de pênalti é uma batalha entre o goleiro e o batedor"

Foto: Divulgação Flamengo / Site Oficial
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Flamengo saiu de campo na última quarta-feira (17) com um duro golpe sofrido diante do Athletico-PR. A equipe comandada por Jorge Jesus, que até então vinha melhor na partida e se mantinha à frente do placar, sofreu o gol de empate na etapa final do jogo e foi superada nos pênaltis, sendo eliminada em pleno Maracanã. Na zona mista, Diego Ribas, um dos batedores que desperdiçou a cobrança, explicou a decisão de bater mais fraco no meio do gol.

– Toda cobrança de pênalti é uma batalha entre o goleiro e o batedor. A gente estuda os goleiros, assim como eles estudam a gente também. Eu cheguei a treinar exatamente essa batida, o goleiro saia sempre antes. Então eu decidi bater no meio. Não bati forte porque eu não teria precisão, mas bati no alto, para que ele não pudesse colocar a perna e defender. Foi essa decisão a decisão que tomei. Vai errar quem pegar a bola e bater -, disse o jogador.

O camisa 10 também reconheceu o seu histórico ruim em cobranças de pênalti pelo Fla, mas relembrou algumas decisões em sua carreira para ressaltar que desempenho abaixo no quesito não é a sua marca registrada.

– Eu já fui campeão com o Porto batendo pênalti em uma disputa, fui duas vezes campeão da Copa América batendo pênalti, tive outras classificações em vários torneios também batendo pênalti, mas realmente aqui no Flamengo o aproveitamento não tem sido da maneira que eu gostaria. Porém, as decisões que eu tomo são conscientes. Os goleiros também tomam decisões conscientes e foram mais felizes do que eu -, concluiu.

Com o duro golpe, os comandados de Jorge Jesus se voltam para o Campeonato Brasileiro e Libertadores da América. Pela competição nacional, o Flamengo volta a campo no próximo domingo (21), para enfrentar o Corinthians, em jogo válido pela 11ª rodada. O duelo será disputado na Arena Itaquera e terá bola rolando a partir das 16h (horário de Brasília).