Empresa de porcelanas confirma ampliação de fábrica no Norte do ES e deve abrir mais de 400 vagas de emprego

Atualmente, a produção da Oxford Porcelanas no Espírito Santo representa 35% do faturamento da empresa e, com a expansão, esse número deve saltar para 40%

Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A empresa Oxford Porcelanas confirmou, na segunda-feira (03), investimentos da ordem de R$ 60 milhões na ampliação da fábrica localizada no município de São Mateus, na região norte do Estado. O anúncio foi realizado durante videoconferência com o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

De acordo com a empresa, as obras já tiveram início e deverão ser concluídas em maio de 2021. A nova área contará com 17 mil metros quadrados destinados à produção. A expectativa é de que 470 novas vagas de emprego sejam geradas. Atualmente, a produção da Oxford Porcelanas no Espírito Santo representa 35% do faturamento da empresa e, com a expansão, esse número deve saltar para 40%.

Nova tecnologia

De acordo com as empresas, os itens produzidos no Estado contarão com uma tecnologia inovadora no País, que prevê a utilização de laser para a definição e aplicação de estampas das porcelanas. Os representantes da Oxford também confirmaram a intenção em realizar operações de exportação dos produtos por meio do sistema portuário capixaba.

Para o governador Renato Casagrande, o investimento vai gerar oportunidades para os trabalhadores da região norte: “A ampliação da empresa vai gerar mais 470 empregos para os capixabas, gerando renda para muitas famílias. Em tempo de crise como estamos vivendo, é importante o surgimento de novas oportunidades. Além de movimentar a economia do Estado, gerando diversos outros empregos indiretamente”, apontou.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, que também acompanhou a reunião, afirmou que os investimentos vão ajudar a impulsionar a economia capixaba. “Estamos extremamente satisfeitos com este anúncio, pois mostra a confiança dos investidores em nosso Estado. A Oxford opera aqui desde 2016 e, mesmo diante de uma pandemia global, aposta na capacidade do Espírito Santo. São números muito importantes para o fortalecimento da nossa economia, melhoria do desenvolvimento regional e garantia de renda para os capixabas”, destacou.

A empresa

O Grupo Oxford iniciou suas operações no Espírito Santo, em 2016, no município de São Mateus. A empresa está entre as maiores fabricantes de porcelanas da América do Sul. O empreendimento foi a primeira fábrica da empresa fora do estado de Santa Catarina (SC), e concentra a fabricação dos produtos da marca Biona – linha mais popular produzida em cerâmica – para abastecer todo o mercado brasileiro.

Desde 2010, é fabricante do puro cristal feito à mão da marca Oxford Crystal e, em 2015, entrou no mercado de panelas com a marca Oxford Cookware.

Com mais de 65 anos de história, a empresa produz aparelhos de jantar, xícaras de chá e café, taças, copos, panelas e complementos por meio das marcas Oxford Porcelanas, Oxford Daily, Oxford Crystal, Oxford Cookware, Oxford Promocional e Biona. Suas peças são vendidas no Brasil e em mais de 60 países.