Folha Vitória Empresário assassinado: criminosos trancaram secretária no banheiro antes do crime

Empresário assassinado: criminosos trancaram secretária no banheiro antes do crime

Thiago Nossa, de 31 anos, foi assassinado a tiros e facadas em Guarapari. Segundo a polícia, ele tinha boletins de ocorrência registrados por conta de ameaças

Folha Vitória
Foto: TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
O velório de Thiago Nossa aconteceu nesta sexta-feira, em um ginásio de Guarapari

O corpo do empresário de 31 anos morto a tiros e facadas em Guarapari foi velado na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Muquiçaba. Thiago Nossa estava no escritório da empresa quando dois criminosos chegaram anunciando um assalto. 

Primeiro, segundo testemunhas, eles prenderam a secretária no banheiro e atiraram duas vezes contra o homem, além de atingirem a vítima com golpes de faca. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu na ambulância. 

Leia também: Polícia acredita que empresário assassinado em Guarapari já havia sofrido ameaças

De acordo com a polícia, Thiago tinha boletins de ocorrência registrados por conta de ameaças de morte que estava recebendo. Por isso, foi descartada a hipótese de latrocínio, que é roubo seguido de morte. 

A família não quis gravar e afirmou que não vai se pronunciar quanto às motivações, pois estão recebendo muitas informações desencontradas. Thiago deixou esposa e uma filha de sete anos, que estava presente no velório do pai. 

A empresa que ele liderava era o negócio da família. Dezenas de funcionários da vítima, que atuam há mais de 10 anos no negócio, participaram do velório. 

O prefeito da cidade também esteve presente na cerimônia.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado como homicídio e segue sob investigação na Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Guarapari. 

O local do crime foi periciado e a polícia iniciou a coleta de informações, ouvindo testemunhas e realizando levantamentos. Até o momento nenhum suspeito foi detido.    

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Nathália Munhão. 

Últimas