Folha Vitória Enteado atira em padrasto após desentendimento familiar na Serra

Enteado atira em padrasto após desentendimento familiar na Serra

A polícia já tem o nome e endereço do suspeito, mas ele ainda não foi localizado. O caso será investigado pela DHPP da Serra

Folha Vitória
Foto: Divulgação / Polícia Civil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um desentendimento em família resultou em uma tentativa de homicídio, que aconteceu em Nova Carapina I, nesta quinta-feira (12), na Serra. De acordo com a polícia, um enteado teria atirado no próprio padrasto. Ele conseguiu fugir e procurou ajuda em um posto de combustíveis.

A polícia disse que o crime começou com uma emboscada. A esposa do suspeito foi à casa da sogra e disse que o marido sofreu um acidente de moto. A sogra saiu desesperada. O marido dela ficou em casa e, instantes depois, o filho que teria se acidentado de moto chegou de bicicleta com um comparsa e atirou contra o padrasto. Eles entraram em luta corporal e o padrasto conseguiu fugir.

O homem, mesmo ferido, correu por cerca de 1 quilômetro até o bairro vizinho, Porto Canoa, onde conseguiu pedir ajuda em um posto de combustíveis. A balconista de uma loja de conveniência ligou para a polícia. Um frenstista que viu a vítima chegando disse que ele estava ensanguentado, mas consciente. O homem ficou aguardando a chegada do Samu e dos militares.

A vítima tem 45 anos. Teve cortes nas mãos e ferimentos de coronhadas na cabeça. Ele recebeu atendimento médico e prosseguiu durante a madrugada para prestar depoimento no Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa, em Vitória.

Em depoimento, a vítima disse que tem um relacionamento conturbado com o enteado. O homem se relaciona três anos com a esposa, mas ela está sempre brigando com o filho. Ele tenta defender a mulher e acaba discutindo com o enteado. Nessas discussões, ele disse que já foi ameaçado de morte mais de uma vez.

A polícia já tem o nome e endereço do suspeito, mas ele ainda não foi localizado. O caso será investigado pela DHPP da Serra.

*Com informações da repórter Nathália Munhão, da TV Vitória/Record TV

Últimas