Folha Vitória Entregador tem moto roubada enquanto esperava por cliente em Cariacica

Entregador tem moto roubada enquanto esperava por cliente em Cariacica

Vítima fazia uma entrega de medicamentos, no bairro Bela Aurora, quando foi rendida por criminosos, que estavam em um carro

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um motoboy foi abordado por criminosos, que estavam em um carro, e teve a moto roubada no bairro Bela Aurora, em Cariacica. O crime aconteceu no momento em que a vítima fazia uma entrega de medicamentos. Um dos assaltantes estava armado e, além da moto, conseguiu levar o capacete e a carteira do trabalhador.

A ação aconteceu na avenida principal, que corta os bairro Sotelândia e Bela Aurora, por volta das 15 horas de domingo (16). O motoboy disse que estava do lado de fora do portão, esperando a cliente, para entregar o pedido. Enquanto aguardava, um carro branco, com três ocupantes, passou por ele e parou. Um dos suspeitos desceu armado e anunciou o assalto.

A vítima contou ainda que o criminoso apontou a arma para a cabeça dele e pediu tudo. O assaltante e os dois comparsas, que ficaram esperando no carro, conseguiram fugir levando a moto, o capacete e a carteira do trabalhador. Eles só não levaram o celular, porque o entregador conseguiu jogar no chão.

A cliente, que presenciou toda a ação, não quis se identificar, mas contou que, além do entregador, o filho dela teve uma arma apontada para a cabeça. "O bandido não aguardava meu filho abrir o portão. Então, no momento que meu filho abriu, ele viu a arma e rapidamente fechou o portão. Minha cunhada correu, pegou minha filha e entrou para casa", contou a moradora.

A mulher também afirma que esse não é um caso isolado, pois assaltos têm acontecido com frequência na região. Ela diz que, no bairro, existe um Destacamento da Polícia Militar (DPM) há poucos metros da casa dela, mas que não tem feito muita diferença quando o assunto é segurança.

"A gente não tem segurança nenhuma. A gente não pode dizer que tem um DPM próximo para nos socorrer, porque só vive fechado ou, quando eles estão lá dentro, mesmo assim estão fechados. Então o sentimento é de que não temos segurança", afirma.

O medo também é o sentimento do motoboy que, além do susto, teve o instrumento de trabalho roubado. Segundo ele, os patrões lhe deram folga nesta segunda-feira (17), mas, na terça-feira, ele não sabe como vai trabalhar, já que a moto ainda não foi encontrada.

O veículo roubado é uma moto Bros vermelha, com placa PPE 7G44. De acordo com a Polícia Civil, nenhum suspeito foi detido até o momento e a motocicleta não foi localizada. O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos.

* Com informações da repórter Polyana Martinelli, da TV Vitória/Record TV.

Últimas