Folha Vitória ES recebe mais de 44 mil doses da Pfizer neste sábado

ES recebe mais de 44 mil doses da Pfizer neste sábado

A informação foi confirmada pelo governador Renato Casagrande, que pediu ainda que os capixabas não escolham qual vacina tomar

Folha Vitória
Foto: Reprodução Fernando Frazão/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um novo lote com um total de 44.460 mil doses de vacina contra a covid-19 chegam ao Espírito Santo neste sábado (03). O lote é da fabricante Pfizer e foram encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

A informação foi confirmada pelo governador Renato Casagrande, por meio de uma publicação nas redes sociais. 

Diante do reagendamento de vacina em busca de laboratórios específicos e imunizantes de dose única, Casagrande pediu que os capixabas não escolham a vacina, destacando que todas elas salvam vidas.

Na Grande Vitória, na tentativa de reduzir o problema e ampliar o quanto antes a cobertura vacinal no Estado, as prefeituras têm se mobilizado e criado novas estratégias.

Leia também: Guarapari não vai mais informar qual vacina será aplicada contra a covid-19 

Em Cariacica, por exemplo, quem realiza o agendamento e não comparece no dia e hora marcados, precisa esperar dois dias para agendar novamente a imunização. Segundo a prefeitura, o sistema de agendamento bloqueia o CPF para um novo agendamento no período de 48 horas.

O mesmo acontece em Vitória, onde 56,1% da população já foi imunizada com a primeira dose. Na Capital, a pessoa que cancelar o agendamento fica impedida por 24 horas de realizar uma nova marcação no sistema, correndo o risco de não conseguir realizar um novo agendamento.

A Secretaria de Saúde da Capital reforçou que todos os imunizantes têm eficácia comprovada e ressaltou a importância da vacinação, já que quem escolhe esperar por uma determinada vacina continua sem imunização e também corre o risco de se infectar.

Já na Serra, diante da necessidade de vacinar os cidadãos o quanto antes, as vagas canceladas voltam a ser disponibilizadas para agendamento. A secretaria da Saúde reforçou que o momento é de aumentar a cobertura vacinal e não de escolher o laboratório. 

O Folha Vitória também procurou a Prefeitura de Vila Velha para saber o número de reagendamentos realizados no município e o que está sendo feito para evitar o problema.

A assessoria de imprensa do município respondeu que não foram identificados muitos casos de cancelamento, apenas alguns casos em que a pessoa fez o agendamento, mas não compareceu para se vacinar.

Últimas