Folha Vitória ES vai contratar laboratórios privados para realização de 60 mil exames de covid-19 por mês

ES vai contratar laboratórios privados para realização de 60 mil exames de covid-19 por mês

O estado pagará R$ 160 por cada teste realizado. Segundo publicação no Diário Oficial, o Lacen "extrapolou a sua capacidade de pesquisa"

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Laboratórios privados serão contratados pelo governo do Espírito Santo para a realização de testes para detecção do novo coronavírus em pacientes. De acordo com publicação no Diário Oficial, nesta segunda-feira (07), serão realizados 60 mil exames por mês, do tipo RT-qPCR, com coleta de material por via nasal.

Na semana passada, a publicação da Portaria Estadual nº 239-R já incorporava o procedimento à Tabela Estadual de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais. Ainda de acordo com a publicação, o Estado vai pagar R$ 160 por cada exame realizado.

Uma das considerações da portaria destaca a "necessidade de coordenação integrada e eficaz das medidas de emergência em saúde pública no Estado do Espírito Santo e os municípios capixabas, bem como a participação ativa das pessoas, comunidades, empresas e sociedade em geral", citando ainda que "o Laboratório Central do Espírito Santo (Lacen-ES) extrapolou a sua capacidade de pesquisa para diagnóstico da Covid-19.

Números no ES

Mais 1.310 novos casos do novo coronavírus foram contabilizados no Espírito Santo em 24 horas, segundo informações do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), atualizadas na tarde de domingo (06). Com a atualização, o Espírito Santo atingiu a marca de 200.257 pessoas infectadas pela covid-19.

Além disso, mais 12 mortes em decorrência da doença foram registradas entre sábado e domingo, elevando o total de óbitos causados pelo coronavírus no Espírito Santo para 4.397. Por outro lado, 183.213 pessoas já se recuperaram da covid-19 no estado.

O painel aponta ainda que Vila Velha, município capixaba com o maior número de pessoas infectadas pela doença, chegou a 28.907 casos registrados. A Serra continua na segunda colocação do ranking, com 25.656 registros. A capital Vitória, por sua vez, já contabilizou 24.927 casos, ocupando a terceira posição.

Últimas