Folha Vitória ES vai receber 10 mil doses da vacina da Pfizer; primeiro lote será aplicado em moradores de Vitória

ES vai receber 10 mil doses da vacina da Pfizer; primeiro lote será aplicado em moradores de Vitória

A previsão é de que as doses da nova vacina cheguem entre esta sexta-feira (30) e o sábado (1º) no Estado; neste primeiro momento, Vitória será a primeira cidade a receber os imunizantes

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um novo imunizante contra a covid-19 começará a ser aplicado em breve na população capixaba. O secretário de Saúde, Nésio Fernandes, informou durante coletiva realizada nesta sexta-feira (30), que o Espírito Santo deve receber as primeiras 10 mil doses da vacina da Pfizer. Na quinta-feira (29), um milhão de doses do imunizante chegaram ao Brasil.

Segundo o secretário, neste primeiro momento, as doses serão encaminhadas à cidade de Vitória. "Conforme orientação do Ministério da Saúde, vamos destinar as doses da Pfizer à capital do Espírito Santo, que poderá aplicar a mesma dentro da população com comorbidades ao longo das próximas semanas. Temos confirmado o envio de 10 mil doses da D1", afirmou.

Leia também: Veja qual será a ordem de vacinação das pessoas com comorbidades no ES

O subsecretário em Vigilância de Saúde, Luiz Carlos Reblin, explicou que há um processo diferente para a aplicação do imunizante. 

"A previsão da chegada da Pfizer é entre hoje (sexta, 30) e amanhã (sábado, 1º). Estamos preparados dentro da nossa rede de frio para condicionar esses insumos, porque eles dependem de temperatura mais baixa. Nós temos esse tipo de equipamento suficiente para receber as doses. Nossa coordenação vem definindo mecanismos de utilização dessa vacina, que é um pouco diferenciada, requer uma diluição e um componente a mais para a vacinação", explicou.

Mais 600 mil doses 

A expectativa para o mês de maio é de que o Estado receba 600 mil doses de vacinas contra a covid-19, que serão destinadas para a aplicação dos grupos de pessoas com comorbidades, fazendo com que o mês seja de aceleração na campanha de imunização contra a covid-19 no Espírito Santo. 

Segundo o secretário N´ésio Fernandes, o objetivo é que todas as pessoas deste público recebam a primeira dose até o fim de maio.

"Temos a expectativa de que ao longo do mês de maio, não havendo frustrações para a entrega de insumos na Fiocruz e no Butantan, pode haver a entrega de 600 mil doses das vacinas no Espírito Santo. Isso permitirá que o estado consiga avançar na imunização plena com a primeira dose da covid-19 em praticamente todo o público-alvo da população com comorbidades desenhado pelo Ministério da Saúde", disse.

Nésio Fernandes ainda explicou que há definições constantes para acelerar o processo de vacinação nos municípios capixabas. 

"Acreditamos que maio representará um mês com maior dimensão da imunização no nosso Estado e, por isso, temos realizado reuniões constantes com os secretários municipais de saúde para desenharmos a ampliação das capacidades de vacinação e, de fato, caminhamos para o momento de muita esperança com a melhora da disponibilidade de doses da vacina contra a covid-19 no Espírito Santo", disse.

Reveja a coletiva na íntegra:

Últimas