Folha Vitória Escolas da rede municipal: veja quais cidades da Grande Vitória já decidiram sobre a volta às aulas

Escolas da rede municipal: veja quais cidades da Grande Vitória já decidiram sobre a volta às aulas

A prefeitura de Cariacica, por exemplo, já definiu que não retorna com as atividades em 2020

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após a liberação para o retorno facultativo das aulas presenciais nas escolas municipais do Espírito Santo, a partir do dia 13 de outubro, para estudantes do Ensino Fundamental I e II, municípios da Grande Vitória ainda debatem se vão voltar ou não com as atividades.

Veja o que já foi definido nas principais cidades da região metropolitana do Estado:

CARIACICA

Em Cariacica, aulas presenciais só no ano que vem. A Secretaria Municipal de Educação (Seme) informou por nota que, devido à orientação do Conselho Municipal de Educação, não voltará às aulas presenciais em 2020 para a Educação Infantil nem para o Ensino Fundamental. A secretaria disse que continuará oferecendo o Ensino Remoto para os estudantes da rede municipal de ensino.

A Seme acrescenta ainda que o Conselho Municipal de Educação já validou o calendário e as aulas remotas no município, e que o período letivo passou a ser bianual, ou seja, a consolidação dos conteúdos curriculares se dará até o final de 2021.

A prefeitura disse também será disponibilizado internet para todos alunos e professores, bem como serão promovidas videoaulas via TV aberta, visando o aperfeiçoando do Ensino Remoto de 2020 e preparar o Ensino Híbrido (que mescla aprendizado presencial com o não presencial, fazendo o uso de tecnologias para a aprendizagem) de 2021.

SERRA

Segundo a prefeitura da Serra, a decisão de retorno está sendo tomada a partir do diálogo com os professores, as famílias dos estudantes e as autoridades de saúde municipal. A Secretaria de Educação da Serra (Sedu) também está em diálogo com os municípios da Grande Vitória e acompanhando o cenário epidemiológico no estado.

VIANA

De acordo com a prefeitura de Viana, o município está dialogando com a comunidade escolar e avaliando o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino a partir de outubro, conforme autorização do governo do Estado.

VITÓRIA

A Secretaria Municipal de Educação de Vitória disse que, diante do anúncio de volta às aulas presenciais pelo Governo do Estado, a partir de 13 de outubro, vai fazer nos próximos dias uma ampla pesquisa junto à comunidade escolar, por meio dos Conselhos de Escola, para avaliar em conjunto com as famílias dos alunos a perspectiva de volta às atividades presenciais, considerando todo o processo de decisão pautado na gestão democrática e compartilhada. Atualmente são 45,3 mil alunos matriculados na rede de ensino.

VILA VELHA

Em Vila Velha, a suspensão das aulas continua mantida em toda rede de ensino municipal. 

De acordo com a nota enviada pela prefeitura, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), realiza um amplo e abrangente processo de consulta a todos os segmentos da comunidade escolar (diretores, pais, professores, Conselhos e entidades), para chegar a um consenso referente à retomada ou não das Atividades Pedagógicas Presenciais.

Até que o processo de consulta à comunidade escolar seja concluído, está mantida a suspensão às aulas presenciais em toda a Rede Municipal de Ensino de Vila Velha, conforme previsto no Decreto nº 272/2020, publicado em edição extra do Diário Oficial do Município, nesta quarta-feira (30).

O município informou ainda que mantém as Atividades Pedagógicas não Presenciais (APNP), para todos os alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino, por meio do site www.conectadosdavila.com.br, da entrega de material impresso aos estudantes que não possuem acesso à internet e também por meio das estratégias adotadas por cada Unidade de Educação Infantil ou do Ensino Fundamental. 

* Fonte: prefeituras citadas

Últimas