Folha Vitória Escolas fechadas em Vitória e vacinas suspensas em Vila Velha após chuva e falta de ônibus

Escolas fechadas em Vitória e vacinas suspensas em Vila Velha após chuva e falta de ônibus

Região Metropolitana foi o local do Espírito Santo onde mais choveu, segundo dados da Defesa Civil Estadual

Folha Vitória
Foto: Divulgação/ Prefeitura de Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Após registrar os maiores acumulados de chuva de todo o Espírito Santo na noite de último domingo (07), as cidades da Região Metropolitana tiveram serviços públicos afetados e muito trabalho para desobstruir ruas da lama e dos entulhos que ficaram depois do temporal.

Em Vila Velha (onde mais choveu no Estado com registros de 115,93 mm), as equipes de limpeza haviam retirado, até o final da manhã desta segunda (08) mais de 4 toneladas de lixo. Serviços de varrição, desobstrução dos bueiros e canais, retirada de galhos e folhagens foram os principais serviços. 

O agendamento para vacinas contra a covid-19 teve que ser suspenso, mas vai retornar nesta terça-feira (9). A prefeitura informou que quanto às vacinas de rotina aplicadas nas unidades de saúde, estas não foram afetadas, sendo aplicadas normalmente.

Em Cariacica, com registro de 80,21 mm, a prefeitura informou que desde a madrugada, equipes da Secretaria de Serviços foram para os bairros mais afetados realizando limpeza, capina, lavagem de ruas, raspagem de ruas, desobstrução de vias, limpeza de canais e de redes de drenagem, podas de árvores e operação tapa-buraco. Segundo a Defesa Civil do município, até o momento, não houve registro de desabrigados.

As unidades de saúde estão funcionando normalmente. Como alguns servidores tiveram problemas para chegar aos locais de trabalho devido à falta de transporte público, o serviço está sendo adequado, mas nenhum atendimento foi interrompido. O agendamento para vacinação contra a covid-19 não foi interrompido e segue normalmente. As chuvas não afetaram o funcionamento das escolas públicas da rede municipal pois às segundas- feiras, as atividades letivas são remotas na rede de Cariacica.

Em Vitória, com registro de 91,27 mm, as chuvas provocaram mais estragos. A Defesa Civil da capital contabilizou 15 pessoas desalojadas e três desabrigadas na cidade. Durante a chuva, diversos bairros tiveram pontos de alagamentos, principalmente, Bento Ferreira, Praia do Canto, Jucutuquara, Centro e Enseada do Suá. Foram atendidas 20 ocorrências durante as fortes chuvas na noite de domingo. 

A Secretaria de Serviços informa que está com uma programação especial de limpeza e desobstrução de vias ao longo de 20 bairros na cidade. Também está em andamento uma operação tapa-buraco nas regiões mais afetadas. 

Três escolas tiveram as aulas suspensas na manhã desta segunda como reflexo das chuvas. No turno matutino, foram suspensas as aulas nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) Eber Louzada (Jardim da Penha) e São Vicente de Paulo (Centro). Nos turnos matutino e vespertino, na Emef Paulo Freire (Inhanguetá).

A Secretaria de Saúde de Vitória (Semus) informa que todos os serviços estão mantidos nas unidades de saúde da cidade e que não foram afetados pelas chuvas. Em decorrência da paralisação dos rodoviários, alguns servidores tiveram dificuldade para chegar ao local de trabalho, mas não houve defasagem de pessoal.

A vacinação contra a covid está mantida. Nesta segunda, Vitória está vacinando os idosos com 80 anos ou mais que agendaram a imunização na sexta-feira (6).

Na Serra,  com 110,48mm de chuva, a prefeitura informou que escolas, vacinação contra a Covid-19 e serviços de limpeza pública funcionaram normalmente nesta segunda.

Últimas