Folha Vitória Especialista alerta que vacina não garante 100% de imunidade após Stênio Garcia contrair covid-19

Especialista alerta que vacina não garante 100% de imunidade após Stênio Garcia contrair covid-19

O assunto ganhou as redes sociais depois que o ator Stênio Garcia, que tem 88 anos, que recebeu as duas doses da vacina, testou positivo para a doença.

Folha Vitória
Foto: William Caldeira / PMVV
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Mais de 230 mil pessoas já receberam as duas doses da vacina contra a covid-19 no Espírito Santo. O dado é do Painel de Vacinação da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), e leva em consideração trabalhadores da saúde e idosos acima de 70 anos. Apesar do avanço da campanha de vacinação, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como a vacina, de fato, funciona. 

Relatos de pessoas que receberam a segunda dose e, ainda assim, testaram positivo para a doença não param de aparecer. A pergunta que fica é: Afinal, é possível se contaminar mesmo depois de ser vacinado?

O médico infectologista Paulo Peçanha diz que sim, e é mais possível do que se imagina. “Em primeiro lugar, para que a vacina garanta proteção completa, a pessoa precisa das duas doses previstas. Além disso, a proteção só estará completamente desenvolvida cerca de três semanas depois que a segunda dose for aplicada”, explicou.

Ainda segundo o especialista, mesmo depois de receber a segunda dose do imunizante, é preciso aguardar um prazo para que os efeitos sejam garantidos. “Se a pessoa tiver qualquer contato com o vírus no intervalo das doses, ou nas primeiras semanas depois de tomar a segunda dose, pode adquirir a infecção”, completou o médico.

Necessidade de manter os cuidados

Apesar de trazer esperanças para que a vida, enfim, volte à normalidade, a proteção garantida pela vacina não é completa. “Na verdade, a vacina protege contra a forma mais grave da doença, mas a possibilidade de infecção permanece. Por isso é possível testar positivo e ter sintomas leves mesmo depois de imunizado.”

Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O médico explicou que nenhuma das vacinas protege integralmente contra a infecção. A proteção é contra as formas moderadas e graves, aquelas que levariam o paciente à internação e, em muitos casos, às Unidades de Terapia Intensiva (UTI). 

“É isso que os trabalhos têm mostrado, o risco de óbito diminui em até 90%. No caso dos profissionais de saúde, por exemplo, já vimos que o número de internações diminuiu bastante”, ponderou.

Diante desse cenário, as recomendações de distanciamento e uso de máscaras permanecem muito importantes. “As pessoas precisam continuar usando máscaras e mantendo o distanciamento até que tenhamos a imunidade coletiva, com pelo menos 70% da população vacinada”, reforçou.

Caso Stênio Garcia

Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O assunto ganhou as redes sociais depois que a esposa do ator Stênio Garcia, que tem 88 anos, disse em suas redes sociais que o marido, que recebeu as duas doses da vacina contra a covid-19, havia testado positivo para a doença.

A atriz Marilene Saade postou no sábado, dia 10, vídeos de Stênio refazendo os testes e defendeu o imunizante como a solução para acabar com a pandemia. "Hoje nesses tempos de covid-19, que é um vírus traiçoeiro e com alto grau de letalidade, (...) as vacinas são sim a solução, mas precisa de 80% da população mundial estar vacinada, e o que podemos fazer agora é nos proteger com uso de máscara adequado, higiene das mãos e se distanciar de um a dois metros das pessoas", escreveu ela.

A atriz contou que recebeu o resultado dos exames dela e do marido na sexta-feira, 9. "Quando recebemos o resultado dos exames e lá dizia que ele estava positivo para a doença e sem a presença de anticorpos após duas doses da vacina, realmente ficamos muito nervosos e com muito medo", afirmou Marilene, que testou negativo.

"Hoje refizemos todos os exames PCR, IGG, IGM e Stênio fez também o exame de anticorpos neutralizantes para saber qual é o grau de imunidade que ficou após a vacina", afirmou. A atriz finalizou reafirmando que acredita na vacina.

Últimas