Folha Vitória Espírito Santo libera público de até 600 pessoas em eventos esportivos

Espírito Santo libera público de até 600 pessoas em eventos esportivos

A portaria que altera o limite, que antes era de 300, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. A mudança, portanto, já está em vigor

Folha Vitória
Foto: Divulgação/ Governo do ES
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O governo do Estado autorizou a realização de eventos esportivos para até 600 torcedores no Espírito Santo. O número, no entanto, não pode ultrapassar 50% da ocupação total do local.

Antes, era permitido que até 300 pessoas acompanhassem esse tipo de evento, de forma presencial. A portaria que altera a regra foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15), portanto a mudança já está em vigor.

Ainda segundo a portaria, em eventos cujo público seja de 300 a 600 pessoas, será exigido que o torcedor leve um comprovante de vacinação pelo menos da primeira dose ou da dose única — no caso da Janssen. 

Outra opção é levar um resultado negativo de teste para detecção da covid-19, realizado com antecedência de até 48 horas em relação ao evento.

Regras também valem para shows

Tais regras também foram adotadas para que o Estado liberasse a realização de shows e eventos sociais, também para um público limitado a 600 pessoas. A permissão passou a valer neste mês.

Entretanto, para esse tipo de evento também é exigido que a casa de shows mantenha, na entrada, uma lista com o nome de todos os participantes. Além disso, ainda não pode haver pista de dança nesses ambientes.

Atualmente, todas as 78 cidades do Espírito Santo estão classificadas no risco baixo para a covid-19, segundo o último mapa de risco do governo do Estado, que vale até o próximo domingo (19).

Dessa forma, todos os municípios capixabas podem adotar medidas mais flexíveis, nas atividades econômicas e sociais, para combater a propagação do novo coronavírus.

Na próxima sexta-feira (17), um novo mapa será divulgado pelo governo estadual e passará a valer na semana que vem.

Últimas