Folha Vitória Espírito Santo reduz para oito semanas intervalo entre doses da vacina da Pfizer

Espírito Santo reduz para oito semanas intervalo entre doses da vacina da Pfizer

Novo prazo passa a valer a partir desta sexta-feira. Estado já havia reduzido esse intervalo, no final de agosto, de 12 para 10 semanas

Folha Vitória
Foto: Reprodução Fernando Frazão/Agência Brasil
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Espírito Santo vai reduzir para oito semanas — ou 56 dias — o prazo mínimo para aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer. O novo prazo passa a valer a partir desta sexta-feira (23).

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (22) pelo governador Renato Casagrande, em sua conta no Twitter. 

Na postagem, o governador reforçou o apelo para que a população faça o agendamento para receber a imunização contra a covid-19.

No final de agosto, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) havia antecipado o esquema vacinal das doses da Pfizer, de 12 para 10 semanas — o equivalente a 70 dias. A medida foi adotada como estratégia estadual para a garantia da imunização completa contra a covid-19 no estado.

Outros estados, como São Paulo, também já reduziram o intervalo entre as doses do imunizante da Pfizer. No estado paulista, a redução do prazo para oito semanas também passa a valer a partir desta sexta-feira.

LEIA TAMBÉM:
>> ES vai receber quase 74 mil novas doses de vacina contra a covid-19 nesta sexta-feira
>> ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra covid-19

Últimas