Folha Vitória Ex-BBB Alemão é denunciado pelo Ministério Público por embriaguez ao volante, lesão corporal e desacato

Ex-BBB Alemão é denunciado pelo Ministério Público por embriaguez ao volante, lesão corporal e desacato

Diego se envolveu em um acidente em abril e na época, se recusou a fazer o teste do bafômetro. De acordo com delegado do caso, o ex-BBB deu um soco no outro motorista

Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O Ministério Público do Paraná denunciou o ex-BBB Diego Alemão pelos crimes de embriaguez ao volante, lesão corporal, desacato e ameaça. A denúncia foi oferecida e assinada na segunda-feira (26) pelo promotor Fábio Andrades Gameiro.

De acordo com a revista IstoÉGente, Diego se envolveu em um acidente em abril e na época, se recusou a fazer o teste do bafômetro. De acordo com delegado do caso, o ex-BBB deu um soco no outro motorista. Ele chegou a ser preso, mas pagou fiança de R$ 7 mil e foi liberado um dia após o ocorrido.

Ainda de acordo com publicação, no dia 22 de abril, três homens suspeitos de extorquir Diego Alemão foram presos. A polícia informou que os três procuraram a defesa de Alemão e exigiram R$ 50 mil para não expor novos vídeos e também se propuseram a testemunhar a favor do ex-BBB, conforme a defesa dele preferisse.

Em maio, Diego foi indiciado pela Polícia Civil pelos mesmos crimes.

O advogado Jeffrey Chiquini, que defende Diego Alemão, disse que "a falta de coerência e imparcialidade da acusação, em evidente seletividade acusatória, é consequência da personalidade pública que o acusado representa".

Chiquini disse ainda que "é notório que os crimes praticados por Daniel Alves e seus advogados foram arquivados para não enfraquecer a acusação contra Diego Gasques".

Últimas