Folha Vitória Ex-professor de boxe agride esposa na frente dos filhos em Vila Velha

Ex-professor de boxe agride esposa na frente dos filhos em Vila Velha

A vítima contou que vai instalar cadeados por toda a casa para evitar novas invasões do suspeito

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma  mulher foi acordada pelo marido sendo ameaçada com uma faca. O homem, que já foi professor de boxe, deu vários socos na mulher. O caso aconteceu no bairro Santos Dumont, em Vila Velha, e no momento das agressões, a filha tentou defender a mãe, mas também acabou sendo agredida.

Medo e dor agora fazem parte da rotina da vítima de 41 anos. O pesadelo aconteceu na madrugada do último domingo (11), quando o companheiro a agrediu na frente dos filhos.

A mulher contou que chegou a encomendar novos cadeados para a casa no intuito de reforçar as janelas por medo do homem voltar. A vítima disse que as agressões começaram quando o marido chegou em casa às 3 horas, sob efeito de drogas e álcool.

"Ele me acordou já muito alterado de bebida, muita droga, tudo misturado. Ele me mostrou a faca e disse que não ia me matar porque eu estava na casa da minha mãe. Ele me deu um soco no peito e eu caí. Eu coloquei ele para fora e no quintal ele me agrediu de novo com um soco e caí. Nessa hora eu machuquei o joelho e a cabeça e depois ele começou a socar".

A vítima disse que a filha de 19 anos, o filho de 16 e o bebê de apenas um ano presenciaram todo o ocorrido. A filha mais velha, de outro relacionamento, tentou defendê-la, mas acabou apanhando também.

Segundo a vítima, somente depois de duas horas de confusão, ela conseguiu acionar a polícia e o homem foi preso.

Versão diferente

Para os militares, o suspeito negou o crime. Ele disse que chegou em casa tranquilo e que a mulher começou a bater nele com tapas porque não gostou do fato dele ter chegado em casa de madrugada.

A versão do suspeito não convenceu os policiais e o homem foi encaminhado à delegacia. No Plantão Especializado da Mulher, o ex-professor de boxe foi autuado pelo crime de lesão corporal, ameaça e injúria. Ele foi levado para ao Centro de Triagem de Viana.

Segundo a dona de casa, o homem é educador físico, mas atualmente trabalha em uma distribuidora de bebidas. A equipe de jornalismo da TV Vitória não conseguiu contato com a defesa dele.

Histórico de agressões

A vítima disse que os dois vivem juntos há cinco anos e que desde o início da relação ela sofria ameaças, mas nunca tinha sido agredida fisicamente e se arrepende de não ter terminado o relacionamento antes.

"Eu me arrependo muito de não ter terminado antes por causa das ameaças, mas se fosse hoje, eu já tinha terminado com ele há muito tempo mesmo sendo ameaçada, porque a primeira vez que ele me agrediu ele me agrediu muito".

A mulher solicitou medida protetiva contra o suspeito. 

"Eu pedi a medida para mim e para a minha filha. Ele disse que quando sair ele vai matar nós duas e eu sei que ele vai porque ele é muito agressivo. Mesmo sem bebida ele é muito vingativo".

De acordo com a Policia Civil, o homem foi autuado na Lei Maria da Penha pelos crimes de lesão corporal, injúria com violência ou grave ameaça. Ele não tem passagens pela Justiça e já foi levado para o Centro de Triagem de Viana.

* Com informações da repórter Jéssica Cardoso, da TV Vitória/RecordTV

Últimas