Folha Vitória Exercícios físicos ajudam a combater má digestão e prevenir doenças intestinais

Exercícios físicos ajudam a combater má digestão e prevenir doenças intestinais

Se movimentar, pelo menos três vezes na semana, proporciona uma digestão mais eficiente, regular e agradável

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A saúde e o bom funcionamento do sistema digestivo dependem não apenas do que é ingerido, mas também de outros hábitos que podem influenciar o corpo, à exemplo dos exercícios físicos. Isso porque, seja na academia ou ao ar livre, movimentar o corpo pode alterar a microbiota intestinal (conjunto de bactérias que vivem no aparelho digestivo) e trazer uma série de benefícios à digestão.

Em um estudo realizado pela Universidades de Salerno, Foggia e Nápoles, pesquisadores italianos constataram que o exercício físico pode enriquecer e diversificar a flora intestinal, o que contribui para a diminuição nos riscos de desenvolver distúrbios gastrointestinais, além de incentivar a proliferação de bactérias capazes de modular a imunidade da mucosa.

De acordo com a especialista em Nutrição e Educação Física Sue Lasmar, incluir treinos na rotina é não apenas uma forma de prevenir doenças relacionadas ao trato intestinal, como em todo o organismo. “Ao praticar uma modalidade de exercício, há aceleração do metabolismo, o que reflete sobre a digestão. O sistema começa a processar alimentos de maneira mais rápida e eficiente, o que promove o esvaziamento gástrico, ou seja, a passagem dos alimentos para fora do estômago”, explica.

Outro fator é que a musculatura abdominal é fortalecida, o que favorece os movimentos intestinais que ajudam no processo de digestão. “Esse fator contribui para a minimização de problemas de flatulência, que ocorrem quando o corpo tem dificuldade em digerir determinados alimentos, fazendo com que eles fermentam quando são absolvidos na flora intestinal”, aponta Sue Lasmar.

O estresse age ainda diretamente sobre o sistema digestório, tendo relação com algumas doenças do trato intestinal. Ansiedade, estresse, raiva constante e depressão são exemplos de problemas emocionais que podem complicar a saúde do intestino e que podem ser combatidos durante a prática de exercícios. “Insira a atividade física em pelo menos três dias da semana, além disso, uma a prática com uma alimentação balanceada e os benefícios serão facilmente percebidos”, garante a especialista.

Últimas