Folha Vitória Existe o nariz ideal para cada tipo de rosto? Especialista responde

Existe o nariz ideal para cada tipo de rosto? Especialista responde

Remodelar o nariz vai além da estética, pois proporciona autoestima, no entanto, para realizar a cirurgia, existem detalhes a serem levados em consideração

Folha Vitória
Foto: Divulgação
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A maioria das pessoas que optam por fazer uma cirurgia plástica buscam corrigir determinadas imperfeições físicas que, normalmente, envolvem questões emocionais, como a autoestima. Em sua maioria, o nariz é o principal órgão que esses indivíduos buscam ter a perfeição e na pré-avaliação, muitos costumam levar modelos que acredita que caia bem em seu formato de rosto.

No entanto, Edson Freitas, especialista em rinoplastia, explica que existem fatores cruciais a serem levados em consideração antes da operação e, por isso, sempre busca orientar seus pacientes para o ideal. 

"Para a cirurgia nasal estética, existem uma série de medidas e proporções baseadas em marcos faciais, cefalometria craniofacial, ideais renascentistas, e até na proporção áurea", disse o médico.

Destrinchando um pouco mais seus pontos, os marcos faciais são a divisão igual da face, em quatro ou mais partes, no qual ambos os lados devem possuir proporções iguais. 

A cefalometria craniofacial, são medições lineares e angulares que leva em consideração a posição do nariz em relação ao sorriso - se no ele costuma abaixar durante a ação e se o paciente não quer que isso aconteça.

Já as ideais renascentistas, são as projeções do nariz, se mais acentuado ou não. Por fim, mas não menos importante, a proporção áurea, que se refere a distância entre o queixo e a base do nariz que, por sua vez, deve ser a mesma distância até a parte inferior da testa.

Entretanto, apesar destas medidas servirem para orientação em relação ao planejamento, elas podem não ser aplicáveis para todos. Isso porque, segundo o doutor "cada pessoa já tem as suas próprias características pré-determinadas, como o tamanho do esqueleto ósseo, a espessura e volume da pele e tecido subcutâneo, além das característica raciais", disse ele que também acrescenta:

"A não ser que o cirurgião esteja planejando um rearranjo complexo das estruturas craniofaciais, é praticamente impossível criar uma estética nasal definida somente pelos parâmetros ideais", afirma.

O seu nariz vai ficar perfeito

Mesmo que no ato da avaliação com seu cirurgião a sua ideia de "nariz perfeito" não vá de encontro ao que o especialista propôs, procure confiar no serviço desse profissional, pois ele é o mais recomendado no assunto. 

Lembre-se: o nariz ideal não deve, necessariamente, seguir os padrões da moda, pelo contrário, ele deve se adequar a você, ao seu formato de rosto e, antes de tudo, precisa ser natural, harmônico, equilibrado e, principalmente, sem os estigmas de cirurgia.

"Apesar de bonito, não deve se destacar na face. Pelo contrário, deve ser apenas um coadjuvante entre as outras qualidades, ajudando a valorizar e destacar várias outras características", finalizou.

Últimas