Folha Vitória Exposição fotogr´áfica em Vitória conta a história do Projeto Baleia Jubarte

Exposição fotogr´áfica em Vitória conta a história do Projeto Baleia Jubarte

Após passar por Praia do Forte, Salvador e Caravelas, na Bahia, a exposição que celebra os primeiros 30 anos do Projeto Baleia Jubarte chega ao Espírito Santo

Foto: Divulgação | Projeto Baleia Jubarte
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Chegou ao Espírito Santo nesta quarta-feira (25) a exposição "Salvas da Extinção: A História do Projeto Baleia Jubarte", que celebra os primeiros 30 anos do projeto. A mostra está localizada na Praça do Papa, em Vitória, e vai receber o público até o dia 6 de junho.

Paulo Rodrigues, coordenador do projeto, contou à reportagem da TV Vitória/Record TV que o momento é de celebrar os 30 anos do Projeto Baleia Jubarte.

"Começou há muito tempo, quando as baleias estavam quase extintas. Então, começou um projeto de conservação de tanto êxito, tanta gente envolvida, tantos funcionários, tantos parceiros da observação de baleias — que foram sendo criados ao longo desses anos. Então a gente tá brindando isso com essa exposição, comemorando os 30 anos", disse.

A exposição termina no dia 6 de junho, mas quem mora na Grande Vitória tem a oportunidade de visitar esse espaço permanente. 

O ingresso tem o valor de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Para as escolas municipais de Vitória, a entrada é gratuita. O local fica aberto de terça a domingo, das 9 às 17h.

"Já recebemos mais de 30 mil visitantes, alunos e turistas. Então, a gente pode marcar grupos para fazer a visita monitorada. É um espaço sensacional de sensibilização e turístico", contou o coordenador.

Sobre o Projeto Baleia Jubarte

O Projeto Baleia Jubarte atua há mais de 30 anos na pesquisa e conservação das baleias-jubarte e do ambiente marinho no Brasil.

O Projeto é realizado pelo Instituto Baleia Jubarte a partir de suas sedes na Praia do Forte em Caravelas, na Bahia, e em Vitória, no Espírito Santo.

Por meio deste projeto são realizadas ações de pesquisa científica, turismo responsável, ações de educação ambiental, assim como atividades de conservação que tem contribuído para o sucesso da recuperação da população de jubartes do atlântico sul ocidental.

"Com os avanços da recuperação dessa população, ela saiu da lista das espécies mais ameaçadas. Então a gente comemorou muito! E claro que os desafios são outros agora: alterações climáticas, tráfego de navios, o desenvolvimento humano acontecendo e elas reocupando antigas áreas em que elas já tinham sido dizimadas", explicou.

"Essas antigas áreas têm a população ainda, então o desenvolvimento industrial ainda está acontecendo, estamos trabalhando com isso, para preservar esse ser que nasce com uma tonelada e chega a 40 toneladas, 14 metros de tamanho. Então, a gente tem aqui os ossos, o material da barbatana da boca dela, que para quem não sabe, a baleia não tem dente, tem umas barbatanas que funcionam como filtros. Temos as réplicas também em tamanho real", complementou.

Livro e exposição fotográfica “Salvas da extinção: a história do Projeto Baleia Jubarte”

Local: Espaço do Projeto Baleia Jubarte
Endereço: Praça do Papa, s/n, Vitória, ES
Exposição fotográfica: segue até 06/06/2022O
Valor: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Para as escolas municipais de Vitória, a entrada é gratuita

Para mais informações sobre as atividades podem ser obtidas no Facebook, Instagram e no site oficial do Projeto Baleia Jubarte.

Últimas