Folha Vitória Família do namorado da jovem morta em acidente aguarda resultado de exame nesta terça

Família do namorado da jovem morta em acidente aguarda resultado de exame nesta terça

Segundo a família, Matheus Jose Silva ainda não sabe da morte da namorada, Amanda Marques Pintos, de 20 anos

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Permanece internado o jovem Matheus Jose Silva, de 23 anos, envolvido em um acidente na Darly Santos, na noite do último sábado (17), que resultou na morte de sua namorada, Amanda Marques Pintos, de 20 anos. O rapaz está no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, e a família aguarda o resultado de um importante exame, que deve sair nesta terça-feira (20). 

Leia também: "Ela gritou que me amava e saiu", relembra mãe de jovem morta em acidente em Vila Velha

De acordo com a família, apesar de muitos ferimentos, o estado de saúde dele é considerado estável. Por telefone, a mãe do rapaz, Eriene Medeiros da Silva, ainda abalada com a situação, disse que espera pelo resultado de um exame importante. Ele realizou uma tomografia e os médicos vão avaliar se o coágulo que ele tem na cabeça, diminuiu.

O rapaz permanece ingerindo remédios para dor. Segundo a família, ele ainda não sabe da morte da namorada. 

O acidente

O grave acidente aconteceu por volta das 19 horas de sábado (17), na avenida Darly Santos, em Vila Velha. Matheus e Amanda estavam em uma motocicleta quando, segundo informações da Polícia Militar, um carro se chocou contra a traseira da moto. 

Testemunhas afirmaram que o veículo, conduzido por Wagner Nunes de Paulo, de 28 anos, estava em alta velocidade. Amanda estava na garupa e morreu na hora. O namorado foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência.

Leia também: "Minha filha morreu no sábado, mas a gente vai morrendo um pouco todos os dias", diz pai de jovem morta em acidente

Ainda de acordo com testemunhas, o condutor do veículo que causou o acidente aparentava evidentes sinais de embriaguez e tentou fugir do local. Ele ainda se recusou a fazer o teste do bafômetro. "Os indícios eram de embriaguez. Ele estava com as pupilas muito estouradas, muito alterado, bafo. Eu estive do lado dele e senti. Ele tinha acabado de sair de uma distribuidora e comprado bebida", relatou o padrasto de Amanda, Carlos Alberto.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista foi encaminhado à 2ª Delegacia Regional de Vila Velha. No local, ele foi autuado em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, na direção de veículo automotor, previsto no art 302 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O delegado também arbitrou fiança de R$ 10 mil em desfavor de Wagner.

Leia também: Saiba o que pode acontecer com motorista que causou morte de jovem em Vila Velha

Entretanto, ao decretar a prisão preventiva, o juiz negou o direito à fiança, e também alertou para indícios de dolo eventual. A decisão que converteu a prisão de flagrante para preventiva foi tomada no domingo, durante audiência de custódia. No entanto, o advogado de Wagner informou que vai entrar com um recurso judicial solicitando a liberação do rapaz.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Crimes de Trânsito. Após as apurações, caberá ao Ministério Público Estadual (MPES) oferecer denúncia à Justiça por homicídio doloso ou culposo.

Últimas