Folha Vitória Família tem moto roubada e recebe ligação do criminoso minutos depois

Família tem moto roubada e recebe ligação do criminoso minutos depois

Assim que a moto foi roubada, a família começou a divulgar fotos do veículo nas redes sociais e depois de 40 minutos eles receberam a ligação do suspeito

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Câmeras de videomonitoramento registraram o furto de uma moto na madrugada desta sexta-feira (15) no centro de Vila Velha. Mesmo não conseguindo na primeira tentativa, o criminoso tentou novamente e saiu do local empurrando o veículo. Mas o que surpreendeu a família, dona da motocicleta, foi uma ligação que o suspeito de levar a moto fez para as vítimas tempos depois do roubo.

A ação do criminoso aconteceu por volta das 4 horas. Nas imagens dá para ver que ele caminha pela calçada tranquilamente e se aproxima da moto estacionada na rua. O homem carrega um objeto nas mãos e tenta a todo custo ligar o veículo. Na primeira tentativa, o rapaz não obtém sucesso e acaba fugindo do local empurrando a moto.

A filha do proprietário da moto preferiu não se identificar, mas contou que foi o próprio pai que percebeu o furto do veículo.

"Meu pai foi para a praia correr, aí na volta ele percebeu que a moto não estava lá, depois perguntou minha mãe, e como só ele usa a moto minha mãe disse que provavelmente ela havia sido furtada de madrugada, contou.

Após verem as imagens das câmeras e terem certeza de que o veículo havia sido levado, a família imediatamente começou a divulgar fotos da moto nas redes sociais. Porém, algo surpreendeu a todos: cerca de 40 minutos após o furto, eles receberam uma ligação do criminoso.

"Uma pessoa mandou mensagem para ela [a mãe] falando que estava com a moto, aí ele me ligou de número restrito, Ele não se identificou em momento nenhum e a todo o momento ele me pedia dinheiro em troca da moto", lembrou a jovem.

Ainda de acordo com a filha da vítima, o pai tem passado mal devido à situação. Ela conta que a moto foi comprada há oito meses e é utilizada como ferramenta de trabalho. Agora, a família inteira está assustada e com medo até mesmo de ficar em casa.

"A gente até agora está muito assustado, a gente está sem entender o que está acontecendo, porque a pessoa bem em frente à sua casa rouba uma moto e ainda te liga pedindo dinheiro, debocha da sua cara e te ameaça o tempo inteiro", disse.

Cenário repetido

Esta não é a primeira vez que o jornalismo da TV Vitória exibe casos em que criminosos pedem dinheiro pela devolução de algum bem material. Em dezembro de 2020, um homem de 47 anos teve a moto furtada dentro da própria casa em Cariacica. 

Depois de divulgar as imagens nas redes sociais, o criminoso também entrou em contato com ele 

"Na última ligação ele ameaçou que eu depositasse R$ 3 mil na conta do sujeito e dizendo que se eu não depositasse o dinheiro, ele teria o meu endereço, tanto que ele falou o meu endereço, nome da rua, número, apartamento, falou o endereço completo e foi isso que me fez ficar bastante preocupado", contou a vítima que também preferiu não se identificar.

Neste tipo de situação, o especialista em segurança Thiago Andrade explica que a negociação com criminosos não é o mais recomendado. 

"A principal dica é não negociar jamais, uma vez que no início, as conversas podem ter um tom mais ameno, mas a tendência é que no final os criminosos pratiquem crimes ainda mais graves como ameaça ou extorsão", explicou.

O especialista também explica que, caso a ´vitima escolha dar continuidade à conversa mantendo a negociação, é preciso tomar alguns cuidados como o fornecimento de informações. Ele também aconselha que a pessoa aproveite a situação para colher dados que comprovem que o veículo roubado realmente está em posse dos criminosos.

"Passe o mínimo de informações possíveis para os criminosos e tente, para tirar dúvidas se estão ou não com o seu veículo, perguntar coisas que você não colocou nas redes sociais, de toda forma tente também conseguir o máximo de provas possíveis para que depois possa levar à Polícia Civil, para que identifiquem os autores do crime", alertou.

* Com informações do repórter Vitor Moreno, da TV Vitória/Record TV

Últimas