Folha Vitória Familiares de mulher acusada de agredir nora em Cariacica apresentam novas alegações

Familiares de mulher acusada de agredir nora em Cariacica apresentam novas alegações

Dentre os apontamentos feitos pelos familiares da sogra, está o fato de que ela não invadiu a casa com a faca, mas sim que pegou um objeto dentro na residência

Folha Vitória
Foto: Reprodução / TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

O caso da briga entre nora e sogra que aconteceu em Campo Grande, Cariacica, e resultou no incêndio de uma casa, ganhou uma nova versão. Familiares da mulher suspeita negaram uma série de acontecimentos apresentados pela nora de 27 anos. 

De acordo com informações iniciais, a sogra, de 41 anos, entrou na casa da nora, tentou esfaqueá-la e acabou sendo presa em seguida. A equipe de jornalismo da TV Vitória/RecordTV entrou em contato com familiares da sogra. Eles relataram que ela não invadiu a casa com uma faca, mas que pegou o objeto na residência.

A família também alegou que a nora não sofreu fraturas, como dito anteriormente, mas teve cortes nas mãos provocados pela faca. Familiares também disseram que a sogra não arrombou o portão para fugir, ela usou uma chave.

Outra afirmação da família da sogra é que a mulher não foi encaminhada ao Centro de Triagem de Viana, como informado pela Polícia Civil. De acordo com os parentes, a sogra estaria na Penitenciária Feminina de Bubu, informação que foi confirmada pela Secretaria de Justiça.

* Com informações do Jornalismo da TV Vitória

Últimas