Folha Vitória Famílias de baixa renda registradas no CadÚnico vão receber kits para substituir TVs parabólicas

Famílias de baixa renda registradas no CadÚnico vão receber kits para substituir TVs parabólicas

A troca será realizada para evitar interferências na faixa de 3,5 GHz, reservada para o 5G, que começa a operar nas 27 capitais brasileiras em julho deste ano

Foto: DCStudio | Freepik
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma ação anunciada na terça-feira (19) pelo Ministério das Comunicações vai promover a entrega de kits para famílias de baixa renda, que usam antenas parabólicas para sintonizar canais de televisão. Essas residências vão receber uma tecnologia mais moderna, com intuito de que a faixa de transmissão reservada para o 5G seja liberada.

Segundo o governo, ao todo 10,5 milhões de famílias receberam os kits, que serão distribuídos para os registrados no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). 

A troca será realizada para evitar interferências na faixa de 3,5 GHz, reservada para o 5G, que começa a operar nas 27 capitais brasileiras em julho deste ano.

"Essa codificação garante mais qualidade de imagem e som com menos uso de banda satelital", resumiu o diretor de Inovação, Regulamentação e Fiscalização do Ministério das Comunicações, Otávio Caixeta.

A decisão vem do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções  formado por representantes da Anatel, do Ministério das Comunicações, das operadoras vencedoras da licitação, dos radiodifusores e das exploradoras de satélites, criado após o leilão do 5G. 

* Com informações do Portal R7

Últimas