Folha Vitória Fez a dúzia: com direito a manita e poker, Capixaba destrói o GEL pela Série B do Estadual

Fez a dúzia: com direito a manita e poker, Capixaba destrói o GEL pela Série B do Estadual

Um jogador marcou cinco gols e outro anotou quatro, numa das maiores goleadas da história do futebol do Espírito Santo.

Folha Vitória
Foto: Rogério Pedrini
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Num futebol atual cada vez mais competitivo mundo afora, goleadas são resultados raros. Porém, no Espírito Santo vez ou outra, placares espetaculares são vistos com uma frequência incomum. E neste sábado à tarde houve mais um, daqueles de assustar qualquer torcedor.

Jogando no Estádio Gil Bernardes, em Vila Velha, o Capixaba simplesmente demoliu, destruiu o GEL, por incríveis 12 a 0. Isso mesmo: doze a zero!

O placar do massacre foi construído com direito a outros fatos ainda mais curiosos: tivemos uma manita e um poker, ou seja, um jogador marcou cinco gols (Raelison) e outro anotou quatro tentos (Pedrinho). Completaram a contagem histórica os atletas Erik, Jean Carlos e Jerê.

Maiores goleadas do futebol capixaba

O resultado deste sábado entrou para a seleta lista dos maiores placares protagonizados por times capixabas na história, e fica na vice-liderança, ao lado dos também 12 a 0 sofridos pelo Linhares contra o Vitória. A maior goleada do futebol no Espírito Santo segue sendo os 14 a 2 que o Rio Branco impôs sobre o Espírito Santo de Anchieta, em 2010.

Classificação

O resultado pouco importou na questão de classificação para a próxima fase, pois ambos os times já estavam eliminados com antecedência. Com a vitória, o Capixaba chegou aos sete pontos, enquanto o GEL sofreu a sua 8ª derrota seguida, ficando enterrado na lanterna, sem nenhum ponto ganho.

Últimas